Mercado fechará em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    115.973,47
    -160,99 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.797,48
    +367,73 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,57
    +2,94 (+3,52%)
     
  • OURO

    1.731,10
    +29,10 (+1,71%)
     
  • BTC-USD

    19.961,62
    +425,97 (+2,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,64
    +8,21 (+1,84%)
     
  • S&P500

    3.765,80
    +87,37 (+2,38%)
     
  • DOW JONES

    30.130,68
    +639,79 (+2,17%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.563,00
    +277,25 (+2,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1824
    +0,1085 (+2,14%)
     

Homem que se diz criador do bitcoin diz que “pisou em HD” que tinha R$ 100 bilhões

Craig-Wright-falso-Satoshi-Nakamoto
Craig-Wright-falso-Satoshi-Nakamoto

Há anos, Craig Steven Wright (CSW) está tentando convencer o mundo de que é Satoshi Nakamoto. Para provar que realmente é o criador do Bitcoin, Wright precisaria apenas assinar uma mensagem com um endereço de Nakamoto.

Entretanto, CSW afirmou que “pisou no disco rígido” que continha tais chaves privadas, sendo “extremamente difícil” provar sua identidade através deste método.

Sua declaração ocorreu na corte da Noruega durante processo contra Hodlonaut (Magnus Granath), um influenciador que chamou Wright de golpista após o mesmo duvidar das afirmações de CSW.

Hodlonaut recebeu R$ 7,8 milhões para enfrentar CSW nos tribunais

Segundo especialistas, como o desenvolvedor Greg Maxwell, tal processo judicial entre Craig Wright e Hodlonaut é muito importante para a comunidade. Afinal, muitos esperam que isso coloque um fim às declarações de CSW sobre ser Satoshi Nakamoto.

Dado isso, Hodlonaut recebeu 70,8 bitcoins e 74 mil dólares, um total de R$ 7,8 milhões em doações para enfrentar CSW nos tribunais noruegueses nesta semana.

A soma espanta, mas é um sinal de que a comunidade do Bitcoin está cansada de CSW. Afinal, o mesmo já processou diversos contribuidores, pedindo até mesmo que o whitepaper do Bitcoin fosse removido do site Bitcoin.org, tido como o mais importante sobre o tema.

O caso mais notável aconteceu quando Wright declarou que “BTC não era o Bitcoin”, durante processo contra corretoras de criptomoedas. Na ocasião, afirmou que investidores estariam sendo enganados pelas mesmas.

Craig Wright diz que pisou em disco rígido que continha “suas” chaves privadas

As falas de Craig Wright se tornaram uma piada na comunidade por um motivo simples: caso ele realmente fosse Satoshi Nakamoto, bastaria assinar uma mensagem com um dos tantos endereços utilizados pelo criador do Bitcoin.

No mês passado, CSW chegou a ofender um apresentador de TV que pediu por tais provas. Na oportunidade, chamou o apresentador do The Sunday Project de idiota, afirmando que o mesmo não sabia “o que significa prova”.

Já durante o processo contra Hodlonaut, em andamento nesta semana, Wright declarou que “pisou no disco rígido” que continha tais chaves privadas. Notando que seria muito difícil provar que criou o Bitcoin através deste método. Portanto, sua nova desculpa esfarrapada é mais um sinal de que ele não é o criador do Bitcoin.

No total, estima-se que Satoshi Nakamoto tenha minerado mais de 1.000.000 de bitcoins entre 2009 e 2010, montante equivalente a R$ 100 bilhões atualmente.

Fonte: Livecoins