Mercado fechará em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    121.948,20
    -1.628,36 (-1,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.130,65
    -503,26 (-0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,10
    -1,46 (-2,07%)
     
  • OURO

    1.815,10
    +1,00 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    39.129,11
    +816,80 (+2,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    962,01
    +35,24 (+3,80%)
     
  • S&P500

    4.407,80
    -15,35 (-0,35%)
     
  • DOW JONES

    34.894,30
    -222,10 (-0,63%)
     
  • FTSE

    7.127,74
    +22,02 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.034,00
    -12,25 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0271 (+0,44%)
     

Homem que dizia ser criador do Bitcoin é preso por dar golpe

·3 minuto de leitura
Falso criador do Bitcoin
Falso criador do Bitcoin

Um falso criador do Bitcoin acabou preso pelas autoridades da Alemanha após alegações de um golpe de mais que R$ 2 milhões. Vale notar que, segundo um portal local, ele foi preso no aeroporto no momento em que tentava embarcar para a América Latina.

Satoshi Nakamoto é um mistério entre os fãs do Bitcoin, que nunca conheceram a pessoa por trás do pseudônimo. Após mais de dez anos desaparecido, fica cada vez mais difícil acreditar que ele se revelará ao mundo.

Mesmo assim, algumas fraudes já foram associadas ao nome por pessoas que tentam se passar pelo criador do Bitcoin.

Falso criador do Bitcoin foi preso após investigações de golpes de investimentos

Um homem chamado Jörg Molt, de 49 anos e morador da Alemanha, afirmava publicamente que era o criador do Bitcoin. Para legitimar sua história ele criou uma escola para investidores chamada de Satoshi School.

No entanto, ele também criou um golpe que causou prejuízos de R$ 11 milhões em investidores. O golpe em questão se chamada “Bitcoin Pension”, que consistia em convencer investidores a comprar poder de processamento de mineração de Bitcoin em nuvem, onde Molt pode ter arrecadado a quantia, segundo o portal alemão Bild.

A polícia efetuou a prisão do falsário no aeroporto de Frankfurt quando ele estava prestes a embarcar para o México, que provavelmente seria o destino de sua fuga.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As autoridades também conduziram buscas em seu apartamento, onde evidências foram recolhidas e poderão ser utilizadas no processo de investigação contra o estelionatário.

Uma mulher de 54 anos, que era sua companheira, também será investigada pela fraude.

Vale o destaque que este falso Satoshi Nakamoto já quase apanhou em um evento em 2019.

Alertas públicos contra Molt já estavam no mercado há mais de dois anos

Se o golpe de Molt demorou no mercado, com a polícia efetuando sua prisão apenas agora, a comunidade já estava em alerta mundial contra suas atividades desde 2019.

Um dos alertas públicos mais marcantes contra o falso criador do Bitcoin, agora preso, foi feito por Andreas Antonopoulos. Autor de vários livros do Bitcoin e com extenso conhecimento, o renomado escritor foi associado por Molt como um “apoiador”, após tirar uma foto com Andreas em um evento.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O caso mais emblemático contra Molt é de sua ex-esposa, que gravou um vídeo que percorre a internet em busca de desmascarar o golpista. De acordo com ela, quando o criador do Bitcoin liberou o paper técnico da criptomoeda, o alemão não tinha nem um computador pessoal para trabalhar.

O caso chama atenção das autoridades alemãs, mas não deve ser o primeiro e nem último a se apresentar como o criador do Bitcoin, algo que nunca conseguiu provar ser de fato.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos