Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.920,61
    +356,17 (+0,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.934,91
    +535,11 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,83
    +0,12 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.814,80
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    56.196,50
    -614,99 (-1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.461,05
    -10,37 (-0,70%)
     
  • S&P500

    4.201,62
    +34,03 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    34.548,53
    +318,19 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.822,84
    +185,38 (+0,65%)
     
  • NIKKEI

    29.398,10
    +66,73 (+0,23%)
     
  • NASDAQ

    13.651,75
    +54,00 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3670
    +0,0004 (+0,01%)
     

Homem é preso após reagir e matar suspeito que assaltava sua família em Curitiba

·1 minuto de leitura
Homem reage a assalto em Curitiba e mata suspeito - Foto: Reprodução
Homem reage a assalto em Curitiba e mata suspeito - Foto: Reprodução

Um homem acabou preso depois de ter reagido a um assalto e matado um dos suspeitos. O episódio aconteceu em Curitiba, na quarta-feira (28), de acordo com a Polícia Civil. Uma câmera de segurança registrou a ação do homem diante dos assaltantes. As informações são do portal G1.

Nas imagens, a família prestar a ser assaltada aparece junto a um carro, em frente a uma casa. Posteriormente, dois assaltantes se aproximam e cercam a família. De acordo com a investigação da polícia, um deles estava armado.

Leia também

Quando os assaltantes estão prestes a consumar o assalto, já dentro do carro, o homem, vítima do assalto, atira contra um dos suspeitos. Segundo a polícia, um dos assaltantes também disparou contra a família.

O suspeito baleado pela vítima do assalto morreu no local, enquanto o comparsa que aparece na ação conseguiu fugir.

Segundo o G1, a Polícia Civil informou que prendeu três pessoas por suspeita de envolvimento com o assalto.

De acordo com a Polícia Civil, o homem que atirou contra o suspeito foi levado para a delegacia e deve responder por porte ilegal de arma de fogo. Contudo, para a polícia, o homem agiu em legítima defesa.

A orientação da Polícia Militar em casos como esse é que a vítima não reaja frente a ação dos criminosos.