Mercado fechará em 3 h 5 min

Homem se nega a usar máscara em mercado, esfaqueia gerente e morre baleado

Revólver e faca utilizadas em desentendimento com morte foram apreendidas em Vacaria (RS)

O uso de máscara gerou discussão e morte em Vacaria, cidade gaúcha a 238 quilômetros de Porto Alegre. Na noite do último sábado (20), um homem esfaqueou o gerente de um supermercado e, em seguida, morreu baleado por ter se recusado a utilizar o item de proteção.

Desde 11 de maio, é proibido circular sem máscara no Rio Grande do Sul, em função da pandemia de coronavírus.

Segundo a Polícia Civil, o rapaz de 36 anos entrou no supermercado e começou a escolher produtos. Quando se dirigiu ao caixa, foi abordado pelo responsável do estabelecimento, que insistiu que o cliente usasse a máscara.

Leia também

Os dois discutiram durante 30 segundos, até que o cliente puxou uma faca e avançou contra o gerente. Dos dois golpes, um atingiu o tórax. Ferido, o funcionário sacou um revólver calibre 38 e efetuou dois disparos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O esfaqueador foi atingido na região do tórax, chegou a ser socorrido, mas morreu em seguida. O responsável pelo supermercado, que tem porte e posse de arma de fogo, está internado no hospital Nossa Senhora da Oliveira.