Mercado fechado

Homem comprou plano funerário com coroa de flores antes de tentar matar mulher no interior de SP

·2 minutos de leitura
Adriana foi baleada pelo ex-marido e está em estado grave - Foto: Reprodução/TV Globo
Adriana foi baleada pelo ex-marido e está em estado grave - Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil diz que Claudemir Pereira, 45 anos, planejou matar a ex-mulher e a melhor amiga dela antes de cometer suicídio. O homem não aceitava o fim do casamento e atirou em ambas. Adriana Correa, a ex-esposa de 45 anos, está no hospital em estado grave. Angela Muczinski, amiga de 31 anos, não resistiu. As informações são da TV Record.

De acordo com a emissora, a investigação apurou que o homem alugou o carro usado no crime depois de já ter comprado um pacote funerário, com coroa de flores, que seria enviado ao velório da ex-companheira.

Leia também:

O crime aconteceu em Salto, no interior paulista, na tarde da última segunda-feira (28). Claudemir e Adriana haviam encerrado o relacionamento há um mês, mas o homem não aceitava o término. O casa teve dois filhos. Claudemir teria matado Angela, exatamente por ela ser entusiasta do divórcio dos dois.

Angela foi abordada por Claudemir no carro em que estava, acompanhada das duas filhas. Ela saiu do veículo e o homem atirou contra ela três vezes e fugiu. Assustadas, as crianças atravessaram correram para um comércio próximo. A mãe morreu no local.

Na sequência, Claudemir foi ao local de trabalho de Adriana e disparou contra a ex-mulher. De acordo com as testemunhas, ela foi agredida e, posteriormente, baleada. O homem teria ameaçado outra funcionária do pet shop.

A Polícia diz que Adriana já vinha recebendo ameaças do ex-companheiro, que se matou depois de cometer os crimes.