Mercado abrirá em 7 h 24 min

Homem mata ex-namorada a facadas em praça no interior de SP

O homem não aceitava o fim do relacionamento (Foto: Reprodução/Record TV)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Ela estava com um amigo na praça quando o ex chegou armado

  • O homem não aceitava o fim do relacionamento

A garçonete Danielly Baffa, de 25 anos, foi assassinada a facadas em uma praça em Araraquara, no interior de São Paulo. O principal suspeito do crime, o ex-namorado da jovem, já foi preso.

Danielly foi de carro até a praça São Geraldo com um amigo. Os dois estavam sentados em um banco quando a dupla foi surpreendida pelo ex-namorado dela, Dagner Silva, de 33 anos, que estacionou a moto na frente dos dois. Ao perceber que o ex-namorado estava armado, a jovem disse para o amigo correr.

Leia também

Ao perceber o que estava acontecendo, uma enfermeira que passava pelo local tentou ajudar Danielly, mas ela não sobreviveu aos ferimentos.

A tia da vítima, Luciana Nunes, lamentou a morte da sobrinha:

“Muito meiga, muito trabalhadora, honesta. Pensa em uma menina doce”, disse emocionada em entrevista ao programa Balanço Geral, da Record TV.

Luciana conta que a família já havia alertado Danielly sobre o comportamento agressivo de Dagner, que bebia muito.

“Uma vez ela deu um presente para ele e ele foi tão agressivo que meteu uma bicuda no presente, disse para ela enfiar onde quiser.”

Após os avisos da família, Danielly decidiu terminar o relacionamento que durou dois anos. Dagner Silva não aceitava o fim, e a polícia suspeita que essa foi a motivação do crime.