Mercado fechará em 1 h 35 min
  • BOVESPA

    110.132,16
    -1.791,77 (-1,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,78
    -364,59 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,74
    -1,24 (-1,55%)
     
  • OURO

    1.782,20
    -27,40 (-1,51%)
     
  • BTC-USD

    17.083,45
    +88,60 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    403,30
    -7,92 (-1,93%)
     
  • S&P500

    4.019,77
    -51,93 (-1,28%)
     
  • DOW JONES

    34.098,00
    -331,88 (-0,96%)
     
  • FTSE

    7.567,54
    +11,31 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    19.518,29
    +842,94 (+4,51%)
     
  • NIKKEI

    27.820,40
    +42,50 (+0,15%)
     
  • NASDAQ

    11.850,00
    -160,25 (-1,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5178
    +0,0238 (+0,43%)
     

Homem dá tiros na frente da PRF ao tentar cruzar bloqueio de caminhoneiros no MS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um bloqueio de via realizado por caminhoneiros em Sidrolândia (63 km de Campo Grande), no Mato Grosso do Sul, terminou em tiros na presença da Polícia Rodoviária Federal.

Um homem que dirigia um carro tentou passar pelo bloqueio e, ao ser impedido pelos presentes, disparou tiros. Caminhoneiros e policiais saíram correndo após os disparos.

Segundo relatos obtidos pela reportagem, o homem disse que se sentia prejudicado e que seria atacado por manifestantes se não atirasse.

Caminhoneiros têm bloqueado estradas e rodovias nesta segunda-feira (31), em protesto contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Parte da categoria apoiava a candidatura de Jair Bolsonaro (PL).

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) registrou nesta segunda (31), até o momento, 140 pontos de bloqueios ou aglomerações em vias de 18 estados e do Distrito Federal.