Mercado fechará em 1 h 18 min
  • BOVESPA

    125.966,71
    +913,93 (+0,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.049,56
    +781,11 (+1,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,07
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.796,50
    -5,30 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    39.744,72
    +5.328,98 (+15,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    943,87
    +28,38 (+3,10%)
     
  • S&P500

    4.417,96
    +6,17 (+0,14%)
     
  • DOW JONES

    35.126,40
    +64,85 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.104,25
    +6,25 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1050
    -0,0166 (-0,27%)
     

Homem compra Bitcoin e Tesla usando auxílio emergencial e acaba preso

·2 minuto de leitura
Tesla e Bitcoin
Tesla e Bitcoin

Um homem que fez a compra de Bitcoin, Tesla e vários artigos de luxo com dinheiro de auxílio emergencial acabou sendo preso pela polícia. O caso já era investigado desde 2020, quando a fraude foi detectada pelas autoridades dos Estados Unidos.

Com o chamado auxílio emergencial, os EUA imprimiram trilhões de dólares no último ano. Parte dos recursos foram para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade e que atendiam as regras estipuladas pelo governo do país.

Uma parte dos recursos foram enviadas para empresas, que poderiam pedir empréstimos bancários para ajudar a manter seu funcionamento. Algumas empresas que fizeram os pedidos acabaram se mostrando fraudulentas, com várias investigações já chegando ao judiciário local.

No Texas, por exemplo, Joshua Thomas Argires acabou sendo preso em 2020, após ser detectado que ele estava pegando empréstimos com suas empresas para comprar Bitcoin. Este homem teria pegado R$ 5 milhões na época, com dois pedidos de Programa de Proteção ao Cheque de Pagamento (PPP).

Homem compra Bitcoin e Tesla com programa de alívio fiscal nos EUA

De acordo com a CBS San Francisco, um homem conseguiu pegar, com o programa de alívio fiscal dos Estados Unidos, US$ 3,6 milhões. O valor, que é cerca de R$ 18 milhões hoje, foi conseguido após o pedido de auxílio fiscal feito com quatro empresas em seu nome.

O programa de auxílio emergencial para empresas nos Estados Unidos, promulgado pela Lei CARES, já havia sido alvo de críticas devido às suas supostas falhas que estariam sendo exploradas por golpistas.

A lei fala que apenas um empréstimo pode ser obtido por empresa, mas Lebnitz Tran, de 40 anos, conseguiu obter recursos mais de uma vez. Na última semana ele acabou sendo preso na cidade de San Jose, após investigações apontarem que ele estava levando uma vida de luxo com os recursos obtidos com a fraude.

Entre os itens comprados por Tran, estavam Bitcoin, um Tesla avaliado em US$ 100 mil (R$ 530 mil) e várias compras em restaurantes de luxo feitas pelo homem preso e mais algumas pessoas que também são investigadas no caso.

Vale o destaque que, ele tentou obter com o governo um empréstimo de US$ 8 milhões, mas só recebeu US$ 3,6 milhões. Ou seja, o golpe poderia ter sido ainda maior sobre o governo dos Estados Unidos.

As empresas que receberam o auxílio emergencial tinham apenas um mês de registro, e Tran havia sido pego desde junho de 2020 em um relatório das autoridades.

Conforme a Justiça dos Estados Unidos, se condenado, o homem poderá pegar 30 anos de cadeia para cada acusação. Além disso, ele tem seis acusações de fraude eletrônica, que pode gerar mais 20 anos por cada acusação. O caso ainda está sendo investigado pelo FBI e pela SBA OIG.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos