Mercado abrirá em 43 mins

Homem-Aranha pode ter HQ inédita com Spawn para ajudar mercado em crise

Claudio Yuge

O Homem-Aranha nem sempre teve os olhos tão grandes na máscara. Quem introduziu isso, e poses nunca antes desenhadas por autores anteriores, foi Todd McFarlane, que, depois de explodir com o sucesso em sua fase no aracnídeo nos anos 90, saiu brigado da Marvel Comics. Ele se juntou a outros artistas e fundou a Image Comics, com o personagem infernal Spawn. Agora, McFarlane cogita reunir pela primeira vez os dois heróis que mais desenhou para ajudar o mercado de quadrinhos, que anda em crise devido às paralisações de atividades ocasionadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Esse encontro é algo que os fãs pedem há décadas e finalmente pode acontecer, por necessidade. "Estou muito mais preocupado com o efeito duradouro (da pandemia), mas, com a posição em que estamos hoje e sem saber o que vai acontecer quando tudo voltar ao normal — e como isso deve afetar a indústria de quadrinhos—, então me pergunto: vamos precisar de algum ‘livro evento’ ou outras coisas. E não apenas um ou dois, acho que vamos precisar de uma leva constante”, disse McFarlane.

McFarlane já "brincou" com cenas que ilustrou anteriormente nas revistas do Spawn
(Reprodução/Marvel Comics e Image Comics)

Os fãs e artistas já pedem por um novo crossover Marvel/DC, não somente para celebrar os 25 anos do maior crossover entre as editoras, mas também para ajudar o mercado a se recuperar. E McFarlane tem ideias parecidas, como uma trama com o Homem-Aranha se tornando uma espécie de Venom ao usar o simbionte que faz parte do uniforme do Spawn — lembrando que foi ele quem criou o inimigo do Amigo da Vizinhança.

"Nunca tive um motivo convincente para isso, mas você sabe, se parte disso pode ajudar um pouco a estabilizar nossa indústria, então talvez eu deva voltar ao trabalho manual e fazer minha parte. Devemos todos ser bons soldados em algum lugar ao longo da linha de frente. Então, vamos ver aonde tudo vai", comentou.

McFarlane voltou a ser mais ativo na indústria

Vale destacar que McFarlane deixou de desenhar histórias há um bom tempo. Ele só continua fazendo capas para o título mensal do Spawn e cuidando de sua empresa de figuras de ação, a McFarlane Toys. Contudo, nos últimos tempos, ele parece já ter digerido bem seus conflitos com a Marvel Comics e vem até ensaiando a voltar a ilustrar quadrinhos. Além disso, Spawn, que já se reuniu com o porco-espinho Sonic e Batman, ganhou mais popularidade recentemente, em Mortal Kombat 11 — e há até um projeto de uma nova adaptação em andamento.

Esse seria um bom momento para o retorno, ainda mais com duas propriedades queridas pelo público e que tiveram grandes histórias nas mãos detalhistas do autor. A Diamond, distribuidora de todos os principais quadrinhos nos Estados Unidos, atualmente está com os trabalhos paralisados, enquanto alguns lançamentos são disponibilizados digitalmente. Se a vontade dos leitores e a pressão da Diamond surtirem algum efeito, pode ser que vejamos esse tão cobiçado crossover acontecer em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: