Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,40 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,55
    +1,05 (+1,16%)
     
  • OURO

    1.807,20
    -5,10 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    23.693,29
    +576,46 (+2,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,58
    +27,36 (+5,15%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,10 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.383,75
    +352,25 (+2,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2385
    +0,0058 (+0,11%)
     

Homem-Aranha Miles Morales ganha seu próprio Venom em nova HQ da Marvel

·1 min de leitura

Parece que a Marvel não se cansa de fazer versões alternativas ao Venom, que por sua vez já é uma versão maligna do Homem-Aranha. Agora é Miles Morales, o Aranha que surgiu no universo Ultimate e agora faz parte da cronologia regular da editora, ganhar seu próprio "vilão" no estilo do simbionte.

Atenção: spoilers a seguir!

Em Miles Morales: Spider-Man nº 33, de Saladin Ahmed (roteiro) e Michele Bandini (arte), vemos Miles às voltas com Shift, nome de um de três clones seus que apareceram na trama. O herói se juntou a Ben Reilly, antigo clone de Peter Parker para derrubar um supervilão. Miles acredita que o Assessor, que trabalha na Beyond Corporation, está por trás da tecnologia do novo inimigo.

Morales se junta a Shift para investigar um grande complexo da Beyond. Dezenas de guardas abordam a dupla, e Miles e Shift facilmente os derrotam. O problema é que o clone Shift tem um comportamento violento, além de meio infantil e a falta de capacidade de falar direito.

Novo "Venom" em Miles Morales: Spider-Man nº 33 (Imagem: Reprodução/Marvel)
Novo "Venom" em Miles Morales: Spider-Man nº 33 (Imagem: Reprodução/Marvel)

Na cena acima, ele teria arrancado a cabeça de um dos guardas se não fosse a interferência de Miles. Felizmente o clone não voltou sua agressividade contra o herói até o momento. Outro paralelo com Venom é a sua capacidade de estender o corpo, o que prefere fazer criando braços adicionais.

No início da história, Miles diz que se sente responsável por Shift e quer apresentá-lo aos seus pais, mas teme pelas reações do clone. Por enquanto, ele vive nos esgotos, com contato mínimo com o mundo exterior além de Miles, via mensagens de texto por telefone.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos