Mercado abrirá em 4 h 29 min
  • BOVESPA

    106.927,79
    +1.397,79 (+1,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.744,92
    -185,48 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,43
    +0,61 (+0,73%)
     
  • OURO

    1.819,60
    +3,10 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    42.857,88
    -350,25 (-0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.030,88
    +5,15 (+0,50%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.542,95
    -20,90 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.192,96
    -190,36 (-0,78%)
     
  • NIKKEI

    28.333,52
    +209,24 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    15.553,00
    -42,75 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3130
    -0,0044 (-0,07%)
     

Holanda anuncia que 13 passageiros vindos da África do Sul são portadores da variante ômicron

·1 min de leitura

As autoridades sanitárias holandesas anunciaram neste domingo (28) que 13 dos mais de 600 passageiros que chegaram a Amsterdã em dois voos provenientes da África do Sul na sexta-feira (26) estão contaminados pela nova variante ômicron. Outros 531 viajantes testaram negativo à Covid-19.

No sábado (27), o Instituto de Saúde Pública da Holanda afirmou que 61 passageiros vindos de Joanesburgo e da Cidade do Cabo haviam testado positivo à Covid-19, sem especificar se estavam infectados pela nova variante ômicron. Todas as pessoas contaminadas estão isoladas em um hotel próximo ao aeroporto Amsterdã-Schipol.

As autoridades holandesas indicaram que ainda aguardam resultados de outros testes. "A variante ômicron foi identificada até agora em 13 testes positivos à Covid-19. Mas as investigações ainda não terminaram. A nova variante ainda pode ser detectada em outras amostras", indicou um comunicado do Instituto de Saúde Pública da Holanda.

O ministro holandês da Saúde, Hugo de Jonge, também fez um apelo para quem for desembarcar no país depois de terem passado por países do sul do continente africano. "Pedimos que as pessoas que venham desta região que se testem o mais rápido possível. Não é improvável que haja outros casos da ômicron na Holanda", ressaltou.

Em coletiva de imprensa, Hugo de Jonge indicou que ainda não se conhece a gravidade da nova linhagem. "A OMS declarou que essa variante é preocupante, mas só teremos a confirmação nas próximas semanas", reiterou.


Leia mais

Leia também:
Primeiro caso da variante ômicron na França "é questão de horas", diz ministro francês da Saúde
Ômicron: 5 perguntas para entender a nova variante da Covid-19
Mais de 60 passageiros vindos da África do Sul testam positivo à Covid-19 na Holanda

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos