Mercado fechará em 3 h 2 min
  • BOVESPA

    121.286,73
    +580,82 (+0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.159,99
    +330,68 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,24
    +1,42 (+2,23%)
     
  • OURO

    1.838,60
    +14,60 (+0,80%)
     
  • BTC-USD

    50.895,43
    +2.103,77 (+4,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.422,22
    +63,66 (+4,69%)
     
  • S&P500

    4.170,57
    +58,07 (+1,41%)
     
  • DOW JONES

    34.351,11
    +329,66 (+0,97%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.354,50
    +254,25 (+1,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3791
    -0,0334 (-0,52%)
     

Hoje no Coritiba, Mattheus Oliveira relembra início em Portugal e quer ajudar ainda mais o clube brasileiro

LANCE!
·1 minuto de leitura


O meia Mattheus Oliveira, filho de Bebeto, chegou ao Coritiba em setembro do ano passado, vindo de empréstimo do Sporting, de Portugal. O jogador de 26 anos marcou seu primeiro gol com a camisa Coxa-Branca em partida no Maracanã, diante do Flamengo, ainda em 2020. Hoje o atleta se recuperar de lesão, na expectativa para voltar à rotina de jogos com o time paranaense.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paranaense-2021 clicando aqui

GALERIA
> 20 jogadores de clubes menores que estão bem e caberiam no Brasileirão

Mattheus deu entrevista ao site Maisfutebol, de Portugal, e falou sobre o desejo de ajudar o Coritiba na reta final do seu período no clube.

- Falta algum tempo e quero ajudar o Coritiba. Depois tenho mais um ano de contrato com o Sporting. Se o Coritiba não exercer a opção de compra, creio que terei de me apresentar em Alcochete. Estou tranquilo, a aproveitar o presente e as coisas acontecerão naturalmente. O futuro não depende só de mim. Eu quero fazer jogos, golos e assistências - disse o atleta

A equipe do Curitiba recentemente garantiu vaga na próxima fase da Copa do Brasil, diante do Operário e está na expectativa da sequência de jogos no Paranaense após um período de paralisação no torneio.

Mattheus relembrou também o bom início da trajetória na Europa, no Estoril, até chegar ao Sporting, um dos maiores clubes de Portugal.

- Ainda bem que fui, o casamento foi ótimo e guardo lembranças incríveis do ‘Mágico Estoril’. Seria uma ingratidão não falar bem do Estoril, o clube que me abriu as portas da Europa. Fui muito feliz lá e foi lá que consegui sair para o Sporting - contou ao Mais Futebol