Mercado fechará em 5 h 8 min
  • BOVESPA

    121.092,11
    -1.423,63 (-1,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.111,12
    +241,64 (+0,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,13
    -1,13 (-1,59%)
     
  • OURO

    1.812,80
    -9,40 (-0,52%)
     
  • BTC-USD

    38.368,44
    -1.337,09 (-3,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    936,11
    -7,33 (-0,78%)
     
  • S&P500

    4.391,56
    +4,40 (+0,10%)
     
  • DOW JONES

    34.922,77
    +84,61 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.090,98
    +9,26 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.903,25
    -49,50 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2325
    +0,0884 (+1,44%)
     

Inspirações na terceira idade: aos 67, Maria Aparecida se joga na dança e ainda cria circuitos em casa

·1 minuto de leitura

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, os idosos foram inseridos no grupo de risco. Segundo a OMS (Organização das Nações Unidas), a população acima de 60 anos deve ser preservada, já que o sistema imunológico é mais comprometido. Com isso, todos os cuidados de higiene e isolamento social devem ser redobrados para essa faixa etária.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

E, nessa série com histórias inspiradoras com foco na terceira idade, mostramos que a velhice e isolamento não são sinônimos de uma vida chata e sem cor. Maria Aparecida, de 67 anos, exala isso em seu espírito sempre alerta e cheio de energia para a dança.

Leia também

A psicóloga aposentada, que mora com a mãe, de 89 anos, já criou mil e uma alternativas para não passar a quarentena parada. Seja em aulas de dança, criando circuitos ou até mesmo descansando e tricotando, as duas se tornaram parceiras de isolamento e não deixam o tédio entrar em casa.

Maria Aparecida ainda conta que as aulas têm seguido normalmente pela internet: “A dança tem sido minha maior alegria, meu momento de descontração. De rever meus amigos e professores. E dar continuidade ao meu aprendizado”, explica.

Gostou? Então dá o play já para conhecer um pouco mais da história da "jovem” em seus “anos 60”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos