Mercado fechado

História indica que bolsa dos EUA pode ampliar ganho pós-eleição

Joanna Ossinger e Andreea Papuc
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Dados históricos indicam que a valorização do mercado acionário dos Estados Unidos no dia seguinte às eleições é um bom presságio para mais ganhos nos próximos três meses.

O índice S&P 500 deu um salto de 2,2% na quarta-feira, o melhor desempenho no dia após a eleição presidencial nos EUA, segundo dados que remontam a 1932, de acordo com a Sundial Capital Research. O ganho médio do índice de referência nos três meses seguintes foi de 4,4%, segundo a análise.

“A boa reação inicial após a eleição foi um sinal muito bom”, disse em relatório Jason Goepfert, presidente da Sundial, acrescentando que esta foi a primeira vez que o S&P 500 subiu mais de 1,5% tanto no dia das eleições quanto na sessão seguinte.

O resultado da eleição ainda é incerto. O candidato democrata Joe Biden está perto da vitória contra o presidente Donald Trump, cuja equipe iniciou batalhas legais para impedir a contagem de votos em pelo menos dois estados. O Senado deve ficar sob controle republicano, o que indica um escopo reduzido para novas medidas, como um grande estímulo, mas também uma menor probabilidade de aumento de impostos ou mais regulamentação - resultado que alguns investidores veem positivamente.

“Se o cenário Biden/Congresso dividido se materializar, os mercados devem ficar contentes”, disse Esty Dwek, responsável por estratégia de mercado global da Natixis Investment Managers. “Não teríamos o maior pacote fiscal, mas também não teríamos a preocupação com o aumento de impostos e regulação dos mercados.”

Ainda assim, os aspectos do rali das ações dos EUA na quarta-feira deram motivo para pensar, como uma corrida por nomes de tecnologia defensivos e o fato de o índice S&P 500 Equal Weighted - um indicador da movimentação média das ações - ter fechado com pouca variação.

Embora implicar que os retornos de prazo muito curto se estenderão no longo prazo seja “sempre questionável”, a forte correlação positiva entre o desempenho do S&P 500 no dia seguinte e ganhos ou perdas adicionais nos próximos três meses “deve dar um pouco de conforto aos 'bulls'”, disse Goepfert sobre investidores que apostam na alta.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.