Mercado abrirá em 1 h 15 min
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,88
    +1,13 (+1,89%)
     
  • OURO

    1.720,50
    -13,10 (-0,76%)
     
  • BTC-USD

    51.246,45
    +2.081,68 (+4,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.023,74
    +35,65 (+3,61%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.677,41
    +63,66 (+0,96%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.139,00
    +83,75 (+0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8561
    -0,0060 (-0,09%)
     

Hillary Clinton e Louise Penny publicarão suspense político em outubro

·2 minuto de leitura
Hillary Clinton na estreia do filme "Hillary", em Nova York, em 4 de março de 2020

A ex-secretária de Estado americano Hillary Clinton e a escritora canadense Louise Penny publicarão o suspense "State of Terror" (Estado de Terror, em tradução livre) em 12 de outubro, anunciaram as editoras Simon & Schuster e St. Martin’s Press nesta terça-feira (23).

A trama tem como protagonista uma secretária de Estado que se une ao governo de seu rival, um presidente que assumiu o cargo depois de quatro anos de perda de influência dos Estados Unidos sobre o mundo, informaram as editoras em nota. Após uma série de ataques terroristas, a secretária precisa formar uma equipe para desvendar a conspiração.

O comunicado não menciona o ex-presidente republicano Donald Trump, que venceu a eleição presidencial de 2016 contra Hillary Clinton e que é acusado pelos democratas de minar a liderança dos Estados Unidos no mundo.

"Escrever um 'thriller' com Louise é um sonho que se torna realidade (...) Estamos reunindo nossas experiências para explorar o complexo mundo da diplomacia de alto nível e da traição. Nada é o que parece", disse Clinton.

Penny afirmou que foi "uma experiência incrível (...) entrar na mente" de uma secretária de Estado. Antes de começar a escrever o livro, ela perguntou a Clinton qual era seu pior pesadelo na época em que esteve no cargo. “Estado de Terror”, respondeu.

Hilary Clinton está seguindo os passos de seu marido, o ex-presidente Bill Clinton, que em junho publicará um romance policial, "The President's Daughter" (A Filha do Presidente), junto com o famoso escritor James Patterson, editado pela Knopf e a Little, Brown.

Os dois já escreveram em 2018 o livro “O Dia em que o Presidente Desapareceu”, sobre um ataque ciberterrorista contra a Casa Branca, que vendeu mais de três milhões de cópias e será adaptado para a televisão.

Os romances de Louise Penny são um sucesso de vendas e sua série sobre o inspetor Armand Gamache já foi traduzida para 31 idiomas.

lbc/dga/ic/mvv