Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.785,50
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.435,00
    -3.393,37 (-5,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Hertz pode comprar até 200 mil carros elétricos da Tesla; entenda o motivo

·2 min de leitura

A Tesla, que viu suas ações catapultarem na Bolsa de Valores após a Hertz anunciar a compra de 100 mil carros elétricos Model 3, parece que tem tudo para passar a valer bem mais de US$ 1 trilhão em um futuro próximo. Na última semana, em entrevista à CNN Internacional, Mark Fields, CEO interino da locadora de veículos, revelou o próximo passo da companhia. E ele inclui, mais uma vez, a Uber.

Segundo o executivo, a ampliação da já existente parceria com a Uber, que receberá 50 mil dos 100 mil carros do pedido inicial, poderá ser expandida nos próximos três anos. Isso faria com que a Hertz disponibilizasse um total de 150 mil carros elétricos da Tesla para o app de transporte.

Para cumprir a meta, porém, precisará, antes, ter 200 mil carros elétricos da Tesla à disposição, já que pretende manter 50 mil em sua frota para alugar às pessoas físicas. Ou seja: o pedido para a montadora de Elon Musk tende a ser dobrado dentro de bem pouco tempo.

Vale lembrar que o negócio inicial anunciado entre Hertz e Tesla girou na casa dos R$ 23,2 bilhões. No caso de dobrar o pedido, a montadora estadunidense teria um montante igual prestes a entrar em seus cofres, já que Musk não costuma dar desconto no preço de seus veículos elétricos, independentemente do tamanho da encomenda. Nada mal para quem aumentou a fortuna pessoal em R$ 201 bilhões “da noite para o dia” recentemente.

Uber empolgada

Quem também participou da entrevista para a CNN foi Dara Khosrowshahi, CEO da Uber. E o executivo do app de transporte de passageiros não escondeu o otimismo em ver a frota elétrica para os motoristas ter a chance real de triplicar (de 50 mil para 150 mil) nos próximos três anos, graças ao acordo com a Hertz.

Khosrowshahi revelou, no entanto, algo que ainda não havia sido comentado em relação ao negócio com a locadora de automóveis. Os motoristas da plataforma que atenderem às expectativas e exigências para começar a trabalhar com o Tesla Model 3 receberão os carros sem o cobiçado pacote Full Self-Driving (FSD) equipando os veículos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos