Mercado abrirá em 2 h 12 min
  • BOVESPA

    111.399,91
    +2.506,91 (+2,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.895,63
    +1.116,73 (+2,67%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,70
    +0,15 (+0,34%)
     
  • OURO

    1.827,20
    +8,30 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    19.145,05
    -26,70 (-0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    375,47
    -4,39 (-1,15%)
     
  • S&P500

    3.662,45
    +40,82 (+1,13%)
     
  • DOW JONES

    29.823,92
    +185,32 (+0,63%)
     
  • FTSE

    6.392,30
    +7,57 (+0,12%)
     
  • HANG SENG

    26.532,58
    -35,10 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.800,98
    +13,44 (+0,05%)
     
  • NASDAQ

    12.439,50
    -12,75 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3001
    -0,0069 (-0,11%)
     

Hedge funds enfrentam pressão com questionário de diversidade

Katherine Burton e Hema Parmar
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Dois investidores institucionais com mais de US$ 10 bilhões em ativos decidiram participar do movimento para obrigar hedge funds e outras empresas de gestão a aumentarem a diversidade racial e de gênero.

A Fundação Kresge e a Fundação John D. e Catherine T. MacArthur enviarão um questionário padronizado a todos seus gestores para medir a diversidade na propriedade, liderança e força de trabalho.

Desde o início do ano, o Fundo Comum de Aposentadoria do Estado de Nova York, com US$ 194 bilhões em ativos, e o Sistema de Aposentadoria de Funcionários Públicos da Califórnia, com US$ 420 bilhões, iniciaram programas semelhantes. No mês passado, o fundo de dotações da Universidade Yale, de US$ 31 bilhões, disse que também faria uma pesquisa com seus gestores.

O objetivo dessas instituições é direcionar o dinheiro para gestores mais diversificados - e rejeitar empresas que não façam avanços nessa frente. O que os motiva não é apenas o desejo de igualdade racial e de gênero, dizem as instituições. Diversidade de pensamento, de formação e de crenças leva a melhores decisões de investimento e maiores retornos.“As empresas ouvem seus sócios limitados e é nossa responsabilidade, e pensamos que é importante contar com eles” para ajudar a promover mudanças, disse Robert Manilla, diretor de investimentos da Kresge, com sede em Troy, Michigan, que possui US$ 3,7 bilhões com 150 gestores ativos.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.