Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.586,14
    +1.286,93 (+2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Heathrow é o primeiro aeroporto do mundo com controle de tráfego aéreo remoto

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

O Aeroporto da Cidade de Londres, mais conhecido como Heathrow, fica no coração do centro financeiro da capital da Inglaterra. Após um período de aperfeiçoamento operacional e na esteira de mudanças legislativas, o local será o primeiro aeroporto relevante mundialmente que terá o controle do tráfego aéreo e uso da pista feito de modo 100% remoto.

De acordo com reportagem do portal Aviation International News, por meio de tecnologia desenvolvida pela empresa Saab Digital Air Traffic Solutions, os pousos e decolagens agora são supervisionados a partir do centro de controle de tráfego aéreo operado pela NATS, provedora de serviços de navegação aérea localizado na cidade de Swanwick, que fica a 115 quilômetros de Heathrow.

Esses profissionais recebem vídeo e áudio do aeroporto em tempo real, com 16 câmeras e sensores de alta definição montados em uma torre de controle digital de 50 metros de altura, fornecendo uma visão 360º de todo o sítio de aviação. Esses feeds são retransmitidos por redes de fibra óptica seguras para as instalações de Swanwick, onde são exibidos em 14 telas de alta definição. As imagens de vídeo podem ser sobrepostas com dados digitais sobre operações em tempo real para fornecer aos controladores a chamada perspectiva de "realidade aprimorada".

Aeroporto de Heathrow agora tem controle de tráfego aéreo feito remotamente (Imagem: twenty20photos/Envato)
Aeroporto de Heathrow agora tem controle de tráfego aéreo feito remotamente (Imagem: twenty20photos/Envato)

Alguns aeroportos menores na Europa, como os de Ornskoldsvik e Sundsvall, na Suécia, fazem uso desse expediente. Graças a essa tecnologia, a exibição visual combinada pode incluir informações como sinais de chamada, altitude e velocidade para aeronaves que se aproximam e partem da cidade de Londres, bem como leituras do tempo e quaisquer objetos em movimento rastreados. As câmeras locais possuem um recurso de pan-tilt-zoom, que permite aos controladores ampliar as imagens em até 30 vezes para uma inspeção mais próxima.

Legislação recente

Em 29 de abril de 2021, uma nova legislação entrou em vigor no Reino Unido para modernizar o espaço aéreo do país e aumentar o controle sobre o uso ilegal de aeronaves não-tripuladas. Essa nova lei vai ser a principal aliada do Ministério dos Transportes para melhorar a forma como os aeroportos e o tráfego aéreo é conduzido. O governo britânico promete que essas novas regras podem ajudar, inclusive, na diminuição das emissões de carbono, apesar de não dar muitos detalhes sobre isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: