Mercado abrirá em 8 h 22 min
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,63
    -0,44 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.806,40
    +4,60 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    38.265,13
    +3.866,73 (+11,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    915,89
    +122,15 (+15,39%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    26.527,06
    -794,92 (-2,91%)
     
  • NIKKEI

    27.864,14
    +316,14 (+1,15%)
     
  • NASDAQ

    15.085,75
    -12,25 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1233
    +0,0017 (+0,03%)
     

HBO Max tem "dinheiro o suficiente" para competir com rivais, diz executivo

·2 minuto de leitura

A HBO Max desembarcou no Brasil na última terça-feira (29) e o público agora conta com mais um serviço de streaming para brigar com outros nomes gigantes do setor. Com um preço competitivo e catálogo de peso, a concorrência não parece ser uma preocupação para Casey Bloys, chefe de conteúdo da HBO e da plataforma.

Em um bate-papo com a imprensa em Nova York na manhã da terça, o executivo declarou que a companhia tem "dinheiro suficiente" para entrar nessa briga do streaming.

“No momento, sinto que temos o suficiente para fazer a programação que precisamos fazer, mas sempre haverá um debate sobre a quantidade certa de títulos e, portanto, há a quantidade certa de dinheiro? Teríamos esses debates na HBO dentro da Time Warner, de quanto a HBO precisa, temos a quantidade certa? Qual é a quantidade certa de programação para alcançar os assinantes? E eu não sei, não tenho certeza se alguém tem a resposta certa e parte disso sempre será tentativa e erro.”

(Imagem: Divulgação / WarnerMedia)
(Imagem: Divulgação / WarnerMedia)

A HBO Max engloba produções de diversos selos em seu acervo de títulos: além de sucessos de bilheteria da Warner Bros e séries do HBO, ainda há filmes da DC, shows do canal The CW, desenhos da Cartoon Network, Adult Swim, Hanna-Barbera, conteúdos originais, documentários e clássicos de grandes nomes do cinema, como Stanley Kubrick e Michael Curtiz.

A fala de Bloys chega pouco tempo após a empresa divulgar uma meta de produzir mais de 100 títulos locais nos próximos dois anos. Segundo a nota, 33 delas já estão em andamento. As novas produções serão exclusivas para a HBO Max sob a marca Max Originals, como as atuais The Flight Attendant e Made For Love.

The Flight Attendant, uma das várias séries originais do HBO Max (Imagem: Divulgação / WarnerMedia)
The Flight Attendant, uma das várias séries originais do HBO Max (Imagem: Divulgação / WarnerMedia)

De acordo com Bloys, o spin-off de Game of Thrones, House of the Dragon, continua como um dos focos, e ainda está programado para 2022. “A boa notícia sobre Game of Thrones é que tudo o que você faz vira notícia. Qualquer roteiro desenvolvido ou qualquer ideia lançada se torna notícia... e as pessoas presumem que estão em produção”, disse o executivo. “Temos vários outros scripts em desenvolvimento e, como tudo o mais, tomaremos uma decisão com base nos scripts, de quais histórias gostamos. Portanto, não há mais nada com luz verde no momento, mas muito desenvolvimento interessante".

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos