Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    48.337,99
    +195,12 (+0,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Havana vacina grande parte de sua população em momento crítico da covid-19

·1 minuto de leitura
Pessoas esperam ser vacinadas com a vacina Abdala cubana contra covid-19 em Havana

Mais de 1,3 milhão de pessoas foram imunizadas em Havana contra a covid-19, a maior parte da população "vacinável", informaram as autoridades de saúde nesta segunda-feira (2), quando Cuba vive o pior momento da epidemia de coronavírus.

A imunização dos maiores de 19 anos na capital cubana, de 2,1 milhões de habitantes, iniciou em maio passado com a vacina cubana Abdala e a candidata vacinal Soberana 2, também desenvolvida na ilha.

"Essencialmente, todas as pessoas vacináveis em Havana já foram vacinadas, mais de 1.300.000 pessoas", disse em declarações à televisão estatal María Elena Soto, chefe de atenção primária de saúde do Ministério da Saúde Pública (Minsap).

A vacinação continua em grupos de risco como as grávidas, pessoas com doenças crônicas e convalescentes de covid-19, acrescentou a funcionária.

Apesar do avanço, Havana continua apresentando o maior índice de coronavírus no país, com 1.850 casos dos 9.279 registrados em 24 horas a nível nacional.

Os casos e mortes, que não deixaram de aumentar na ilha - de 11,2 milhões de habitantes -, somam 403.622 casos e 2.913 mortes.

De acordo com o Minsap, até 31 de julho 2.655.387 pessoas receberam as três doses necessárias para a imunização em Cuba, enquanto quase 10.000.000 de doses já foram aplicadas.

As autoridades disseram em maio que pretendiam vacinar 70% da população até o final de agosto.

Abdala, a primeira vacina contra a covid-19 da América Latina, foi concebida e desenvolvida pelos cientistas cubanos, que têm outras quatro candidatas vacinais, entre elas a Soberana 2.

Espera-se que a Soberana 2 receba, nos próximos dias, a autorização emergencial da autoridade regulatória sanitária.

lp/rd/lda/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos