Mercado fechará em 3 h 38 min
  • BOVESPA

    129.811,07
    -280,01 (-0,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.771,94
    -136,24 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,58
    +0,46 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.861,80
    +5,40 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    39.185,57
    -957,48 (-2,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    970,27
    -22,20 (-2,24%)
     
  • S&P500

    4.238,17
    -8,42 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.246,48
    -52,85 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,69 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    14.003,50
    -26,75 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0645
    -0,0534 (-0,87%)
     

Harry Kane quer deixar o Tottenham no fim da temporada

·1 minuto de leitura
O atacante Harry Kane marcou 220 gols em 334 jogos pelo Tottenham

O atacante e astro do Tottenham, Harry Kane, informou ao seu clube que pretende sair no final desta temporada, publicou a Sky Sports nesta segunda-feira.

Segundo esta mídia, o jogador da seleção inglesa está insatisfeito com a falta de progressão esportiva dos 'Spurs' nesta temporada e está disposto a deixar o time, dez anos depois de ter feito sua estreia como profissional.

Kane, de 27 anos, que ainda tem três de contrato com o Tottenham, gostaria de resolver sua situação antes do início da Eurocopa (11 de junho).

Manchester City, Manchester United ou Chelsea podem ser um dos destinos do atacante, autor de 32 gols nesta temporada, contando todas as competições.

No caso de deixar a Premier League, Kane pode acabar no Real Madrid ou no PSG, onde seria comandado por Mauricio Pochettino, que foi seu treinador no 'Spurs'.

Kane, revelado pelo Tottenham, marcou 220 gols em 334 jogos pelo clube do norte de Londres.

O jogador manifestou em várias ocasiões o desejo de conquistar títulos, mas ainda não conseguiu alcançar esse objetivo pelo Tottenham, com quem jogou a final da Liga dos Campeões em 2019 (perdida para o Liverpool).

O contexto atual não é favorável para o Spurs, que ainda não tem um treinador para a próxima temporada (após a demissão de José Mourinho no mês passado) e que não vai disputar a próxima Liga dos Campeões.

smg/iwd/fmd/mcd/aam