Mercado fechará em 4 h 32 min
  • BOVESPA

    130.983,32
    +1.542,29 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.228,36
    -58,10 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    +0,58 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.866,10
    -13,50 (-0,72%)
     
  • BTC-USD

    40.687,79
    +4.793,73 (+13,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.010,78
    +41,94 (+4,33%)
     
  • S&P500

    4.237,47
    -9,97 (-0,23%)
     
  • DOW JONES

    34.264,20
    -215,40 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.166,33
    +32,27 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.032,25
    +38,00 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1371
    -0,0555 (-0,90%)
     

HarmonyOS: alternativa da Huawei ao Android será lançada na próxima semana

·1 minuto de leitura
HarmonyOS: alternativa da Huawei ao Android será lançada na próxima semana
HarmonyOS: alternativa da Huawei ao Android será lançada na próxima semana

Após apresentar algumas versões de testes do HarmonyOS para desenvolvedores no ano passado, a chinesa Huawei – que registrou queda de faturamento no primeiro trimestre – está pronta para apresentar seu novo sistema operacional ao público.

Pelo menos é o que revela o teaser de 13 segundos postado pela empresa no YouTube e no microblog chinês Weibo, que confirma a data de lançamento do sistema que vai substituir o Android nos celulares da marca para a próxima quarta-feira (2).

Segundo o portal Ars Technica, o novo sistema operacional será basicamente uma versão modificada do Android 10 com alguns ajustes extras. A interface proprietária da Huawei, a EMUI, também deve marcar presença no HarmonyOS.

A Huawei promete que software vai oferecer mais integração entre diferentes categorias de dispositivos, além de uma interface de usuário adaptável e de transferência de dados mais rápidas entre os gadgets embarcados com o sistema.

Vale lembrar que a companhia já trabalha na plataforma desde 2019. Além dos celulares, o software também vai rodar, segundo a Huawei, em dispositivos inteligentes (IoT) e até em alguns computadores da marca. A novidade, de acordo com o Android Authority, deve chegar gradativamente em outros mercados além da China nas próximas semanas.

Huawei planeja investir em desenvolvimento de software

Fachada da empresa Huawei
Fabricante chinesa busca alternativas para recuperar espaço no mercado. Foto: Kapi Ng/Shutterstock

Para enfrentar as sanções do governo americano, a Huawei também planeja investir no desenvolvimento de software para diversificar o seu portfólio de produtos. Esta é outra mudança estratégica da companhia chinesa para tentar lidar com a pressão dos EUA, que considera os produtos e serviços da Huawei como uma ameaça à segurança nacional do país.

Também vale ressaltar que a empresa anunciou planos em abril para atuar ao lado de montadoras chinesas para produzir veículos inteligentes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!