Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.847,34
    -2.592,02 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,57
    -744,14 (-1,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,85
    -1,12 (-1,56%)
     
  • OURO

    1.765,10
    +13,70 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    43.879,14
    -3.576,86 (-7,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.093,62
    -40,77 (-3,59%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.001,50
    -324,50 (-2,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2557
    +0,0563 (+0,91%)
     

Harker, do Fed, diz que aumento de juro não deve ocorrer até fim de 2022, início de 2023

·1 minuto de leitura

(Reuters) - O presidente do Federal Reserve da Filadélfia, Patrick Harker, disse nesta sexta-feira que o banco central norte-americano provavelmente não aumentará a taxa de juros antes do fim de 2022 ou início de 2023.

"Eu gostaria de ver o processo de redução gradual (de estímulos) terminar, ou basicamente terminar, antes de pensarmos em qualquer tipo de aumento na taxa das Fed funds", disse Harker durante entrevista ao Yahoo Finance. "Portanto, estamos falando provavelmente do fim de 2022 ao início de 2023, antes de pensarmos em qualquer tipo de aumento nas taxas."

Ele repetiu sua opinião de que gostaria que o processo de redução gradual das compras de títulos começasse "em breve".

(Por Jonnelle Marte)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos