Mercado fechado

Hamilton elogia Gasly após vitória e lamenta resultado no GP: "A corrida não era para ser minha hoje"

·2 minutos de leitura

Lewis Hamilton fez uma prova de controle de danos. O hexacampeão foi punido com um Stop and Go de dez segundos por entrar nos boxes com o pit lane fechado e precisou fazer uma prova de recuperação no GP da Itália de Fórmula 1, conseguindo terminar em sétimo após estar mais de 30 segundos atrás de todos os carros.

Após a prova, Hamilton tirou o momento para parabenizar Gasly pela vitória em Monza.

Leia também:

Gasly segura Sainz e vence GP da Itália maluco; Hamilton é punido TABELA F1: Hamilton faz controle de danos Gasly entra na disputa do pelotão do meio após vitória; veja classificação Gasly celebra primeira vitória na F1 e agradece AlphaTauri e Honda: "Ainda não caiu a ficha. É um dia maravilhoso!"

"Primeiro, preciso dar meus parabéns a Pierre, porque foi um resultado fantástico para ele. Eu vi o que ele passou, sendo rebaixado de uma equipe para a outra e agora ele venceu sua ex-equipe. É fantástico ver ele se recuperando e crescendo. Estou genuinamente feliz por ele".

Na sequência, explicou como foi a sua prova, falando sobre o longo pit stop e como ele teve que se recuperar após a punição.

"A corrida não era para ser minha hoje. É uma pena. Mas são momentos assim que nos tornam mais fortes. Houve um longo pit stop. 26 segundos que eu tive que recuperar. No final das contas, quando consegui recuperar o terreno perdido, tive algumas batalhas boas. Mas bola pra frente, foco na próxima".

Sobre os resultados dos demais, Hamilton falou sobre o controle de danos com os pontos conquistados em Monza.

"Primeiro, não fizemos um bom trabalho com o pit stop. Honestamente, eu não vi os resultados, então me responsabilizo por isso. É algo que vou aprender. Conseguir o sétimo lugar e a volta mais rápida, são bons pontos considerando que eu não achei que seria possível estando 26 segundos atrás do último carro".

"Vou aceitar o que consegui e agradeço que Max não marcou nenhum ponto. Então a perda foi menor pelo menos".

PÓDIO: GP da Itália maluco! Gasly vence, Hamilton punido e Ferrari na maior "draga" em 35 anos

PODCAST: O que será da F1 no Brasil em 2021, sem Globo, pilotos e corrida?

 

Your browser does not support the audio element.