Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,82
    -0,33 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.735,80
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    62.954,60
    -460,56 (-0,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,77
    -8,00 (-0,58%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.833,80
    -67,03 (-0,23%)
     
  • NIKKEI

    29.714,07
    +93,08 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.795,75
    -3,00 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7743
    +0,0014 (+0,02%)
     

Haiti recusa doação de 970 mil de testes de Covid-19 perto do vencimento e Brasil deve ter prejuízo de R$ 206 milhões

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Governo brasileiro deve ter prejuízo de R$ 206,4 milhões com vencimento de testes para Covid-19 (AP Photo/Amr Nabil)
Governo brasileiro deve ter prejuízo de R$ 206,4 milhões com vencimento de testes para Covid-19 (AP Photo/Amr Nabil)

O Brasil deve ter prejuízo de mais de R$ 200 milhões com testes de Covid-19. O país tentou doar cerca de 970 mil exames que estão perto do prazo de vencimento para o Haiti, mas ouviu a recusa dos caribenhos e deve perdê-los sem utilizá-los.

Segundo informações da Revista Época, os haitianos aceitaram apenas 30 mil dos um milhão de testes RT-qPCR oferecidos pelo nosso Ministério da Saúde. Estes kits tinham vencimento previsto para dezembro de 2020, mas a Anvisa esticou o prazo.

Leia também

Eles fazem parte dos 4,8 milhões de testes para detectar coronavírus que o Brasil possui e que estão perto de vencer. O custo total com estes kits foi de R$ 206,4 milhões, que, de acordo com o Conselho Nacional de Saúde, devem se transformar em prejuízo para os cofres públicos.

Todos os testes têm vencimento entre 22 de abril e 8 de junho deste ano. São 725.500 que vencerão em abril, 3.898.200 em maio e 212.700 em junho.

A doação destes kits para o Haiti era considerada uma ajuda humanitária pelo governo de Jair Bolsonaro, mas não foi completada. O processo de detecção da Covid-19 exige a utilização de cotonetes sweb, tubos coletores e outros insumos que o Brasil conseguiu adquirir em larga escala.