Mercado fechará em 57 mins
  • BOVESPA

    108.719,05
    +781,94 (+0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.531,06
    -359,53 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,04
    +1,73 (+2,08%)
     
  • OURO

    1.849,40
    +7,70 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    37.216,84
    +1.842,22 (+5,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    846,83
    +26,24 (+3,20%)
     
  • S&P500

    4.321,56
    -88,57 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    33.964,27
    -400,23 (-1,16%)
     
  • FTSE

    7.371,46
    +74,31 (+1,02%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.060,75
    -440,25 (-3,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1685
    -0,0602 (-0,97%)
     

Hackers invadem iPhone 13 Pro em segundos e ganham R$ 1 milhão

·1 min de leitura
Hacker
Responsáveis fazem parte do grupo Kunlun Lab

(Getty Images)

  • Hackers invadem iPhone 13 Pro em 15 segundos

  • Grupo participava de uma competição na China e recebeu prêmio de R$ 1 milhão

  • Apple foi avisada sobre as falhas

Um grupo chinês de tecnologia levou para casa o prêmio de US$ 180 mil (cerca de R$ 1 milhão) após conseguir invadir um iPhone 13 Pro em apenas 15 segundos. O software hackeado é o iOS 15, presente no mais novo celular da Apple.

Leia também:

Os responsáveis fazem parte da Kunlun Lab e estavam participando da competição Tianfu Cup, que acontece todos os anos na China. O objetivo do evento é justamente fazer com que os hackers identifiquem problemas de segurança em sistemas operacionais para que as empresas possam resolvê-los antes que os usuários sejam prejudicados.

Além da Kunlun Lab, os representantes da Team Pangu receberam um prêmio de US$ 300 mil (R$ 1,7 milhão) após conseguirem hackear o iOS 15 à distância.

Próximos passos

Com a descoberta dos bugs, a Apple será avisada, por meio de um relatório, e trabalhará em cima deles. Por motivos de segurança, os problemas só serão expostos na internet depois que forem resolvidos. Assim, quem é usuário de iPhone não precisa se preocupar.

Sistemas Windows 10, Google Chrome e Adobe PDF Reader também passaram por testes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos