Mercado abrirá em 8 h 18 min

6 hábitos de bilionários que você pode copiar

Fundador da Microsoft e um dos homens mais ricos do mundo, Bill Gates, em evento do Economic Club of Washington em junho de 2019. Foto: Alex Wong/Getty Images

Bilionários são, para muita gente, exemplos a seguir. Copiar seus modos e hábitos pode ser a chave para alcançar ao menos parte do sucesso que eles tiveram em suas respectivas carreiras.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Se você faz parte do grupo que acredita que emular bilionários pode te colocar no caminho certo na sua carreira, confira agora seis hábitos de pessoas bilionárias que você pode copiar mesmo não sendo um dos mais ricos do mundo.

Leia também

Veja a lista de hábitos a seguir.

Ler

O hábito da leitura é alimentado por muitos bilionários. Bill Gates, um dos homens mais ricos do mundo, divulga anualmente uma lista com os cinco livros que ele mais gostou e recomenda. Em 2015, Mark Zuckerberg se comprometeu a ler um livro a cada duas semanas.

Fazer exercícios

Cuidar da mente não é tudo, e muitos milionários se aplicam para cuidar do corpo também. O investidor e apresentador Mark Cuban faz ao menos uma hora de exercícios físicos de seis a sete dias por semana. Já Richard Branson argumenta que sua rotina de exercícios lhe garante quatro horas a mais de produtividade no trabalho.

Acordar cedo

Você certamente já ouviu que "Deus ajuda quem cedo madruga". Bilionários levam este ditado ao pé da letra. Jack Dorsey, fundador e CEO do Twitter, por exemplo, acorda às 5h da manhã todos os dias para meditar e caminhar. Tim Cook, CEO da Apple, é ainda mais drástico: acorda às 3h45 da madrugada, principalmente para se comunicar com filiais da empresa em fusos horários diferentes ao redor do mundo.

Seguir rotinas

Pode parecer contraditório, mas bilionários seguem rotinas. A apresentadora e magnata da mídia norte-americana Oprah Winfrey, por exemplo, começa o dia escovando os dentes e depois levando os cães para passear. Mark Zuckerberg abre o Facebook em seu celular, rola pela tela inicial e responde mensagens privadas toda manhã. Segundo ele, o objetivo de manter rotinas rígidas é perder o menor tempo possível com pequenas escolhas e reservar energia para tomar grandes decisões ao longo do dia.

Fazer caridade

Embora sejam muito ricos, bilionários evitam guardar sua fortuna toda para si mesmos. Muitos se dedicam à filantropia, como o fundador do grupo de mídia Bloomberg, Michael Bloomberg, que, ao longo da vida, doou US$ 3 bilhões a instituições de caridade. Bill e Melinda Gates criaram uma fundação para estimular milionários a doarem suas fortunas, e um dos participantes, Warren Buffett, prometeu doar 99% de toda a sua riqueza antes de morrer.

Viver com frugalidade

Do mesmo modo que bilionários distribuem riqueza, eles também evitam gastar à toa. Muitos seguem estilos de vida relativamente simples se comparado às cifras que eles têm no banco. Mark Zuckerberg tem um carro avaliado em US$ 30 mil, mesmo podendo comprar um modelo de luxo que custe milhões. Warren Buffett não usa smartphone, mas um celular simples de formato "flip". Bill Gates viaja em voos comerciais, mesmo podendo usar jato particular.

As informações são do site Business Insider.