Não há 'sinal' de saída de Mantega, diz fonte

Não há "sinal no horizonte" para a saída do ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu nesta quarta-feira uma fonte do Palácio do Palácio. Segundo a fonte, a relação entre Mantega e a presidente Dilma Rousseff é muito "estreita", em um trabalho feito a quatro mãos. Na semana passada, a revista The Economist sugeriu a demissão de Mantega como forma de recuperar a confiança dos empresários brasileiros na economia.

A avaliação no Planalto é a de que, embora frustrante, o baixo resultado no desempenho da economia neste ano - já apelidado de "Pibinho" - é transitório, devendo ser sucedido por um cenário muito mais favorável em 2013. O governo admite, no entanto, que esperava que as medidas tomadas ao longo do ano tivessem um efeito mais rápido. "As medidas vão dando resultado aos poucos", disse a fonte, que ressaltou que o "governo não está parado".

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no terceiro trimestre foi de 0,6% na comparação com o segundo trimestre deste ano, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A previsão de crescimento da economia brasileira em 2012 recuou de 1,27% para 1,03% na segunda pesquisa Focus do Banco Central após a divulgação do resultado do PIB do terceiro trimestre de 2012.

Carregando...