Mercado abrirá em 4 h 41 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,84
    -0,21 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.693,80
    +15,80 (+0,94%)
     
  • BTC-USD

    53.694,52
    +3.676,83 (+7,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.081,88
    +57,67 (+5,63%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.703,31
    -15,82 (-0,24%)
     
  • HANG SENG

    28.671,44
    +130,61 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.484,00
    +186,75 (+1,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9831
    +0,0233 (+0,33%)
     

Há muitas coisas erradas na Petrobras e novo presidente irá arrumar empresa, diz Bolsonaro

Lisandra Paraguassu
·1 minuto de leitura
Presidente Jair Bolsonaro após reunião no Palácio da Alvorada

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em resposta ao um apoiador, que "tem muita coisa errada" na Petrobras e que o indicado para ser o novo presidente da estatal, o general reformado Joaquim Silva e Luna, irá "dar uma arrumada" na empresa.

Bolsonaro voltou a dizer que não interferiu na estatal e nem mandou baixar o preço dos combustíveis, reajustados na semana passada, mas disse que a empresa irá melhorar com a entrada de Silva e Luna no lugar de Roberto Castello Branco.

"Tem muita coisa errada... o novo presidente vai dar uma arrumada lá, pode deixar", disse Bolsonaro, completando em seguida: "Vocês vão ver a Petrobras como vai melhorar. Assim como se tiver que fazer qualquer mudança nós faremos."

Bolsonaro anunciou na última sexta-feira a mudança no comando da empresa, com a saída de Castello Branco, que encerra seu mandato em março mas esperava ser reconduzido pelo Conselho de Administração da companhia.

A mudança abrupta levou a uma crise de confiabilidade nas políticas do governo. Somente na segunda-feira, as ações da Petrobras desabaram mais de 20% e a estatal perdeu 74 bilhões de reais em valor de mercado.

O Conselho de Administração da Petrobras se reúne nesta terça para confirmar ou não a indicação de Silva e Luna.