Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,89
    -0,24 (-0,38%)
     
  • OURO

    1.776,80
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    56.727,59
    -3.457,46 (-5,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.285,88
    -105,83 (-7,60%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.208,98
    +239,27 (+0,83%)
     
  • NIKKEI

    29.742,72
    +59,35 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    14.028,50
    -1,00 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6670
    -0,0191 (-0,29%)
     

Há 20 anos, São Paulo conquistava Torneio Rio-SP com show de Kaká

LANCE!
·2 minuto de leitura


Dia 07 de março de 2001 vai ficar para sempre na memória do torcedor do São Paulo. Há exatos 20 anos, o Tricolor batia o Botafogo por 2 a 1, no Morumbi e conquistava o título inédito do Torneio Rio-São Paulo.

ATUAÇÕES: Daniel Alves se destaca em goleada do São Paulo contra o Santos

Com promessas da base, o São Paulo estava no grupo com os rivais paulistas, mas enfrentava os clubes cariocas, que estavam no outro grupo. Na primeira fase, a irregularidade deu o tom. Vitórias de 2 a 0 contra Vasco e Flamengo, na primeira e última rodada, empate em 1 a 1 com o Botafogo, em casa, pela terceira, e a sofrível derrota por 5 a 2 para o Fluminense, em Niterói.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA DE 2021

Passando em segundo no grupo, o Tricolor enfrentou o Fluminense nas semifinais. Na partida de ida, no Morumbi, o São Paulo saiu na frente no mata-mata graças a um gol de França, aos 23 minutos da etapa final. Na volta, a vitória do Flu por 2 a 1 forçou a disputa de pênaltis. Rogério Ceni pegou três e o São Paulo se classificou à final.

Na grande decisão, o adversário era o Botafogo, que havia eliminado o Santos. Sem Rogério Ceni, convocado para a Seleção Brasileira, Luís Fabiano, duas vezes, Carlos Miguel e França definiram o jogo e, praticamente, o título: 4 a 1 em pleno Rio de Janeiro.

Na volta, mais de 70 mil pessoas lotaram o Morumbi, que viu o surgimento do então menino Cacá, que mais tarde se tornou o meia Kaká, melhor jogador do mundo em 2007. O São Paulo saiu atrás no placar, mas o garoto entrou e resolveu: dois gols para virar o jogo e conquistar o título para o Tricolor.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.