Mercado fechado

De Guindos, do BCE, diz que taxa de câmbio é fundamental para inflação

·1 minuto de leitura
Vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos
Vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos

FRANKFURT (Reuters) - A taxa de câmbio do euro é um fator "fundamental" para a inflação da zona do euro, disse o vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos, nesta quinta-feira, juntando-se a várias autoridades do BCE que alertaram sobre a força da moeda única.

"O câmbio é uma variável econômica fundamental que afeta as importações, exportações, inflação de importados ou deflação", disse de Guindos durante um webinar.

"Uma flutuação relativamente rápida e intensa na taxa de câmbio afeta as expectativas de inflação e as condições que a determinam."

Ele acrescentou que o BCE não está satisfeito com sua própria previsão de uma taxa de inflação de 1,3% em 2022, mas minimizou os temores de deflação.