Mercado abrirá em 2 h 9 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,88
    +0,83 (+1,28%)
     
  • OURO

    1.699,10
    +21,10 (+1,26%)
     
  • BTC-USD

    54.069,40
    +4.224,10 (+8,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.092,37
    +68,17 (+6,66%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.754,25
    +35,12 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.773,23
    +232,40 (+0,81%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.549,75
    +252,50 (+2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9831
    +0,0233 (+0,33%)
     

Guedes fala em valor de R$250 para nova versão do auxílio emergencial

·1 minuto de leitura
Pessoas fazem fila em agência da Caixa para sacar auxílio emergencial, em Ceilândia-DF

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, citou nesta quinta-feira a possibilidade de o auxílio emergencial ser reeditado com valor de 250 reais.

"Teremos duas curvas, uma de vacinação em massa subindo, para imunizar a população, e garantir um retorno seguro ao trabalho, enquanto as camadas protetivas, que eram 600 (reais), caíram para 300 (reais), agora podem descer, digamos, para 250 (reais), uma coisa assim, e depois aterrissa de novo no programa Bolsa Família", disse Guedes ao participar de live do Banco BTG.

Guedes já havia anunciado anteriormente que as novas parcelas do auxílio só seriam pagas a vulneráveis que não fossem beneficiários do Bolsa Família, cerca de 32 milhões de pessoas.

(Por Gabriel Ponte)