Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,05
    -0,15 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.826,70
    +12,70 (+0,70%)
     
  • BTC-USD

    29.988,30
    -1.072,77 (-3,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,34
    +428,66 (+176,64%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.521,01
    -26,04 (-0,10%)
     
  • NASDAQ

    12.299,25
    +54,50 (+0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2691
    -0,0114 (-0,22%)
     

Guedes e Mourão devem participar do Fórum Econômico Mundial em Davos

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro Paulo Guedes (Economia) e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, estão confirmados no Fórum Econômico Mundial, que será realizado em Davos, na Suíça.

O evento, que ocorre em janeiro, foi adiado este ano para 22 a 26 de maio, por causa da ômicron.

O último encontro presencial do fórum foi em janeiro de 2020, meses antes de países do mundo inteiro estabelecerem políticas de distanciamento social para controlar a pandemia do coronavírus.

O primeiro encontro presencial do fórum desde o início da pandemia será sob o tema "Trabalhando juntos, restaurando a confiança".

O presidente Jair Bolsonaro (PL) não participou dos encontros virtuais —o último em que esteve foi o presencial, de 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos