Mercado fechará em 6 h 14 min

Após casos de Covid-19, estádio que receberia jogo do Flamengo é interditado

Redação Esportes
·2 minutos de leitura
Damian Diaz of Ecuador's Barcelona, left, fights for the ball with Filipe of Brazil's Flamengo during a Copa Libertadores soccer match in Rio de Janeiro, Brazil, Wednesday, March 11, 2020. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
Damian Diaz of Ecuador's Barcelona, left, fights for the ball with Filipe of Brazil's Flamengo during a Copa Libertadores soccer match in Rio de Janeiro, Brazil, Wednesday, March 11, 2020. (AP Photo/Silvia Izquierdo)

A Municipalidade de Guayaquil, no Equador, interditou o Estádio Monumental nesta terça (22), horas antes do confronto entre Barcelona e Flamengo, válido pela Taça Libertadores, por causa dos nove casos de Covid-19 registados na delegação do time brasileiro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Além de interditar o estádio, as autoridades sanitárias de Guayaquil recomendaram que a delegação do Flamengo volte ao Brasil imediatamente. Também foi recomendado que os atletas do Independiente Del Valle, que enfrentou o Rubro-Negro na última quinta, façam novos testes de coronavírus.

Leia também:

Com a interdição do estádio, a partida entre Barcelona e Flamengo, marcada para às 19h15 (horário de Brasília), não deve acontecer. A Conmebol ainda não se manifestou sobre o assunto. Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, se pronunciou, mas não oficialmente.

"Não sei se é correto ou não, a gente respeita as autoridades. O que a gente pede é receber o documento oficial. O Flamengo recebeu todos os protocolos da Conmebol", afirmou Braz à Goal. "O Flamengo com calma, com tranquilidade, depois de receber o documento oficial, a gente vai ver o que vamos fazer. Vamos fazer o que for melhor para Guayaquil, o Equador e o Flamengo.”

O Flamengo soma nove casos de Covid-19. São sete jogadores - Diego Ribas, Bruno Henrique, Michael, Vitinho, Maurício Isla, Matheusinho e Filipe Luís - e dois membros da delegação - Márcio Tannure, chefe do departamento médico do clube, e Juan, integrante do departamento de futebol.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube