Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    60.348,17
    -864,38 (-1,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Guarani vence o Remo com propriedade e entra no G4 da Série B

·3 minuto de leitura


O Guarani exerceu sua força em casa, derrotou o Remo por 2 a 0 e entrou no G4 na Série B do Brasileirão. A equipe soma 41 pontos e está na quarta colocação, posição que dá vaga na elite nacional. É a mesma pontuação do CRB, porém com saldo de gols melhor que o time de Alagoas. Do lado remista, a equipe de Felipe Conceição segue na parte intermediária da tabela com 33 pontos na 11ª posição.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

IDEIAS SEMELHANTES, MAS RESULTADO DIFERENTE

Apesar do calor considerável que se abatia na cidade de Campinas com 36 graus, a proposta de jogo das duas equipes parecia bastante clara no sentido de posicionar as linhas mais adiantadas, tentando roubar a bola o mais perto possível do gol adversário. E quem parecia mais a vontade (e competente) para fazê-lo eram os donos da casa.

Crescendo de desempenho principalmente após os primeiros dez minutos, as oportunidades foram aparecendo até que, em batida de fora da área, Júlio César protagonizou o primeiro gol da partida. Depois do chute desviado no zagueiro Rafael Jansen, o arqueiro Vinícius ficou totalmente deslocado e viu a bola balançar as redes no Brinco de Ouro.

DOMINOU E AMPLIOU

Ainda na etapa inicial, a capacidade de controlar a posse de bola e conter de maneira muito competente a construção de jogadas do Remo fazia o Bugre ser o verdadeiro senhor da partida. A superioridade quase se transformou no segundo tento quando Júlio César inverteu de primeira e Júnior Todinho bateu de esquerda para encobrir Vinícius. Porém, a revisão do Árbitro de Vídeo detectou impedimento do atacante e anulou o gol campineiro.

No entanto, próximo dos acréscimos, o escanteio batido pelo lado direito do ataque por Régis foi exatamente na cabeça de Bruno Sávio e o atacante testou no canto oposto, longe do alcance do goleiro remista. Vantagem ampliada para o Guarani.

POUCO A ACRESCENTAR

Na questão da divisão da posse de bola, o Remo até conseguiu equilibrar o tema nos 45 minutos derradeiros. Porém, faltava a eficiência na construção e, dentre os poucos espaços para chegar mais perto da meta de Rafael Martins, o quesito finalização também estava falhando consideravelmente.

Desta forma, mesmo com o time anfitrião aparentando ter diminuído o grau de intensidade e até mesmo concentração no jogo, conseguiu manter a vantagem confortável no placar até o apito final de Paulo Henrique Schleich Vollkopf no Brinco de Ouro.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
GUARANI 2 x 0 REMO

Local:
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data e hora: 21/09/2021 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Cicero Alessandro de Souza e Ruy César Lavarda Ferreira (ambos MS)
VAR: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
​Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Thales (GUA); Matheus Oliveira, Romércio (REM)
Cartões vermelhos:

GOLS: Júlio César (18'/1°T) (1-0) e Bruno Sávio (43'/1°T) (2-0)

GUARANI (Técnico: Daniel Paulista)

Rafael Martins; Mateus Ludke, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Tony, aos 34'/2°T) e Régis (Andrigo, aos 35'/2°T); Bruno Sávio (Allan Victor, aos 30'/2°T), Júnior Todinho (Renanzinho, aos 24'/2°T) e Júlio César (Índio, aos 35'/2°T).

REMO (Técnico: Felipe Conceição)

Vinícius; Wellington Silva, Romércio (Renan Gorne, aos 28'/2°T), Rafael Jansen e Marlon; Neto Moura (Pingo, aos 11'/2°T), Lucas Siqueira (Raimar, aos 11'/2°T), Arthur e Felipe Gedoz (Jefferson, aos 40'/2°T); Matheus Oliveira (Rafinha, aos 11'/2°T) e Lucas Tocantins.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos