Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.055,46
    +6.018,67 (+5,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.399,92
    +773,12 (+1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,32
    +3,83 (+4,82%)
     
  • OURO

    1.710,00
    +38,00 (+2,27%)
     
  • BTC-USD

    19.541,28
    +265,89 (+1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,94
    +8,59 (+1,97%)
     
  • S&P500

    3.678,43
    +92,81 (+2,59%)
     
  • DOW JONES

    29.490,89
    +765,38 (+2,66%)
     
  • FTSE

    6.908,76
    +14,95 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.215,79
    +278,58 (+1,07%)
     
  • NASDAQ

    11.281,75
    +246,25 (+2,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0800
    -0,2279 (-4,29%)
     

'GTA 6', da Rockstar, pode ter 1ª mulher protagonista após acusações de machismo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Conhecido por seus protagonistas machões, que tiram sarro de grupos marginalizados e que com frequência se veem em situações consideradas machistas, o jogo "GTA", ou "Grand Theft Auto", pode ter sua primeira protagonista feminina em breve.

De acordo com o portal da emissora americana Bloomberg, pela primeira vez os jogadores poderão controlar uma mulher, que será latina, na aguardada sexta versão do game. As missões serão divididas entre ela e um outro personagem, masculino, numa dinâmica inspirada nos assaltantes de banco Bonnie e Clyde.

O portal também revelou que há uma diretriz na empresa para que os desenvolvedores tomem cuidado com piadas preconceituosas enquanto desenvolvem os diálogos do jogo. Vale lembrar que a Rockstar Games, a produtora, retirou falas transfóbicas de "Grand Theft Auto 5" recentemente.

A decisão vem na esteira de uma série de denúncias na indústria de games dos Estados Unidos e do Canadá, em relação a ambientes de trabalho considerados tóxicos e a diferenças salariais injustificadas entre funcionários e funcionárias.

No caso da Rockstar, trabalhadores já disseram que a rotina incluia bebidas alcoólicas durante a jornada e idas a clubes de strip, apesar das demandas constantes por horas extras a fim de finalizar jogos a tempo do lançamento. Foram várias as denúncias de burnout e diferença salarial entre homens e mulheres saídas da empresa. A Rockstar tem passado por uma reestruturação desde então.

O último jogo da franquia mais importante da empresa, "GTA 5", é o segundo game com mais cópias vendidas na história. Apesar de ter protagonistas diferentes a cada capítulo, a história sempre teve como objetivo parodiar a sociedade americana e tirar sarro de militantes da direita aos da esquerda, numa receita que inclui personagens femininas tratadas como objetos sexuais e a possibilidade de matar civis da forma que o jogador achar mais conveniente.

"Grand Theft Auto 6" ainda não tem previsão para ser lançado, embora o último capítulo da franquia complete dez anos em 2023.