Mercado fechado

Grupo de mineração manifesta preocupação com novos padrões para barragens de rejeitos

Por Ernest Scheyder
Vista aérea de barragem de rejeitos da Vale que se rompeu em Brumadinho (MG)

Por Ernest Scheyder

VANCOUVER (Reuters) - A maior associação de indústrias de mineração do mundo disse nesta segunda-feira que está preocupada com os padrões que estão sendo considerados para a segurança global de barragens de rejeitos, especialmente com a forma como as novas regras serão aplicadas a instalações novas e existentes.

Um painel independente apoiado pelo Conselho Internacional de Mineração e Metais (ICMM, na sigla em inglês), o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e os Princípios para o Investimento Responsável (PRI, na sigla em inglês) divulgaram propostas de normas para barragens de rejeitos na última sexta-feira.

A revisão foi desencadeada pelo colapso mortal de barragem da brasileira Vale em Brumadinho (MG), em 25 de janeiro deste ano.

"Há coisas que podemos achar difíceis de implementar, praticamente", disse Aidan Davy, diretor de operações do ICMM, durante a conferência sobe rejeitos e resíduos da mineração, em Vancouver. "Ainda há um caminho a percorrer antes que o ICMM possa endossar o padrão final."