Mercado abrirá em 4 h 38 min

Grupo Heineken oferece retificação de nome para funcionários trans

Grupo Heineken oferece possibilidade de retificação de nome e apoio psicológico para pessoas trans. Foto: Getty Images.
Grupo Heineken oferece possibilidade de retificação de nome e apoio psicológico para pessoas trans. Foto: Getty Images.
  • Grupo Heineken oferecerá retificação de nome para funcionários trans;

  • Empresa também oferecerá suporte psicológico;

  • Companhia também conta um canal de denúncias que garante aos funcionários investigação e confidencialidade.

Após a Amstel, do Grupo Heineken, levar o cartório para as ruas de São Paulo no mês de junho, em meio à Feira Cultural da Diversidade da Parada LGBTI+, oferecendo um serviço de retificação de nome para pessoas transgênero, a companhia vai adotar a iniciativa como um benefício fixo aos funcionários. Além disso, a empresa oferecerá suporte psicológico.

O empreendimento, que foi encabeçado em conjunto com a equipe interna de afinidade LGBTI+, permitirá que todas as pessoas transgêneros da empresa tenham suporte.

Leia também:

“Quando levamos a iniciativa à Feira Cultural, esperávamos atender 160 pessoas, mas devido à alta procura, mais de 800 pessoas terão o direito de realizar o processo 100% custeado pela marca Amstel, sendo que mais de 200 fizeram na própria feira e mais de 600 estão recebendo os direcionais remotamente para realizarem a retificação no período de um mês”, afirmou a diretora de People and Organizational Development (POD) do Grupo Heineken, Livia Azevedo.

Contudo, apresentar-se pelo nome social não é uma novidade na empresa, disse a executiva. Segundo ela, antes da implementação do novo projeto, funcionários já registravam seus nomes sociais em crachás, e-mails e assinaturas.

“Temos grupos de afinidade que se reúnem periodicamente para traçar e implementar ações voltadas à melhor experiência dos públicos minorizados e, o Além do Colorido, grupo dedicado à causa LGBTI+, também trabalha para garantir um ambiente mais seguro e acolhedor para todas as pessoas dentro do Grupo Heineken”, continuou Lívia.

A companhia também disponibiliza um canal de denúncias que garante aos funcionários investigação e confidencialidade. Desse modo, quem quiser relatar qualquer violação ao Código de Conduta da empresa poderá fazê-lo anonimamente.

*As informações são da Exame.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos