Mercado abrirá em 4 h 20 min

Grupo cria músicas remasterizadas de Super Mario World usando áudios originais

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Um grupo de fãs de games conseguiu remasterizar as músicas de Super Mario World do Super Nintendo. No total, são 10 trilhas que a página The Brickster compartilhou no YouTube, com as versões recuperadas das músicas.

Como uma remasterização, isso quer dizer que eles pegaram as músicas originais e conseguiram montar novamente, sem a necessidade de compressão que havia no Super Nintendo.

Um leitor atento pode estar se perguntando agora: “Para remasterizar a música, não é necessário o som original?”. A resposta é sim. O grupo que está trabalhando nesta remasterização usou as versões de Game Boy Advance.

No ano passado, houve um vazamento de dados de grande volume da Nintendo, chamado Gigaleak, que revelou games inacabados e projetos em desenvolvimento pela companhia. Entre eles, estavam os arquivos originais de Super Mario Advanced. Segundo os criadores do remaster, o jogo usava samples de músicas originais de Super Mario World e usava a mesma nomenclatura, permitindo encontrar as versões originais das músicas.

Ao ter acesso a todos os arquivos em versão .aif (sem compressão de áudio), o grupo conseguiu reorganizar os sons e montar novamente as músicas como a versão original. Assim, trata-se de uma versão que usa as mesmas gravações originais da Nintendo, mas sem a compressão.

“Para todo mundo que está curioso sobre estas descobertas que fizemos, é meio que bem simples. Sabia que Gigaleak tinha códigos-fontes para Super Mario Advanced? Aquela game reusava samples de Super Mario World. Estes samples tinham nomes que a gente não sabia antes, dai nós conseguimos encontrá-los”, explica o perfil oficial do canal do YouTube.

Com o remaster é possível ouvir instrumentos reais, como baterias e pianos, e sintetizadores — deixando de lado aquele som metalizado do console, emitido pelo chip de áudio do SNES. Segundo o perfil do The Brikster no Twitter, ainda há novas músicas a serem compartilhadas no projeto deles.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: