Mercado abrirá em 4 h 39 min
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,73
    +0,30 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    48.331,96
    -5.860,59 (-10,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.100,12
    -142,93 (-11,50%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.919,88
    -18,36 (-0,26%)
     
  • HANG SENG

    29.054,79
    +299,45 (+1,04%)
     
  • NIKKEI

    29.020,63
    -167,54 (-0,57%)
     
  • NASDAQ

    13.774,25
    +24,00 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5540
    +0,0124 (+0,19%)
     

Grupo australiano News Corp assina acordo com o Facebook

·2 minuto de leitura
O Facebook chegou a bloquear em fevereiro o acesso às notícias para os usuários na Austrália em meio à disputa sobre a obrigação de remunerar a imprensa

O grupo de imprensa News Corp, do empresário Rupert Murdoch, anunciou nesta terça-feira que alcançou um acordo de três anos com o Facebook na Austrália sobre as notícias, após a aprovação de uma lei que obriga os gigantes da internet a remunerar a imprensa australiana.

O Facebook bloqueou em fevereiro o acesso às notícias para os usuários na Austrália em resposta à lei que regulamenta as relações entre a mídia tradicional e as grandes empresas de tecnologia.

A medida provocou indignação na Austrália, depois que as páginas do Facebook dos serviços de emergência, organismos de saúde e associações de caridade também foram afetadas pelo bloqueio.

O Facebook retirou o bloqueio e aceitou negociar acordos financeiros com os grupos de imprensa australianos, o que levou o governo a flexibilizar a legislação.

O acordo anunciado nesta terça-feira estabelece que as empresas que pertencem a News Corp proporcionarão conteúdos de notícias ao serviço News do Facebook.

Este acordo também será aplicado a dezenas de empresas de comunicação na Austrália, incluindo o jornal The Australian, o Daily Telegraph de Sydney e o Herald Sun de Melbourne. O canal Sky News Australia também concluiu um novo acordo com o Facebook.

Robert Thomson, diretor geral da News Corp, afirmou em um comunicado que o acordo do grupo com o Facebook é um "acontecimento importante e terá um grande impacto em nossas empresas de imprensa australianas".

Andrew Hunter, diretor do Facebook para os acordos com a imprensa na Austrália e Nova Zelândia, confirmou o acordo e declarou que o grupo se "comprometeu a fornecer o Facebook News à Austrália".

Facebook e Google, os dois gigantes americanos da tecnologia, afetados pela legislação australiana, resistiram às cláusulas que os obrigavam a aceitar uma arbitragem sobre as quantias que deveriam pagar à mídia local para publicar informações australianas em suas plataformas e em seus resultados de busca.

O Google negociou acordos de licença de milhões de dólares por seu produto Showcase com uma série de empresas australianas, entre elas os dois maiores grupos de imprensa do país, News Corp e Nine Entertainment.

O governo australiano aceitou flexibilizar as condições legais da arbitragem caso os gigantes da internet assinassem acordos com as empresas de comunicação locais.

hr/arb/jah/plh/ybl/af/lda/fp