Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.448,56
    -2.214,88 (-4,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Grupo alemão Axel Springer vai comprar site Politico por mais de US$1 bi

·1 minuto de leitura
Logotipo da Axel Springer em Berlim

(Reuters) - O grupo alemão Axel Springer vai comprar o Politico num negócio que avalia o site de notícias políticas dos EUA em mais de 1 bilhão de dólares, de acordo com uma fonte a par do assunto.

As empresas anunciaram o negócio na quinta-feira, mas não divulgaram os termos. Isso marcou a maior aquisição da Axel Springer até o momento, à medida que a editora alemã cria uma rede global de operações de notícias digitais.

O acordo, no qual a Springer também comprará os 50% restantes de sua joint venture Politico Europe, segue o acordo de 2015 para comprar a Business Insider e um acordo de 2020 para comprar uma participação majoritária na plataforma de boletim informativo de negócios Morning Brew.

Robert Allbritton, o dono do Politico, seguirá como editor do site após o negócio que deve ser fechado até o fim deste ano.

O Politico foi fundado antes das eleições presidenciais dos EUA de 2008 por desertores do Washington Post.

A Springer tem um portfólio de veículos de notícias, incluindo Bild, Welt e Insider, e está em mais de 40 países.

A investidora KKR, que detém cerca de 48% da Springer, vem construindo seu portfólio de ativos digitais e de mídia por meio do conglomerado de mídia alemão.

Separadamente, duas pessoas familiarizadas com o assunto disseram à CNBC que a Springer não estava mais em negociações para comprar o canal de notícias digitais Axios, que foi fundado pelo co-fundador do Politico Jim VandeHei.

(Por Subrat Patnaik e Tiyashi Datta em Bengaluru; Kenneth Li e Krystal Hu em Nova York, e Klaus Lauer em Berlim)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos