Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.001,05
    +317,50 (+0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,38
    +0,11 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.857,60
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    33.890,36
    +443,11 (+1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    682,68
    +5,78 (+0,85%)
     
  • S&P500

    3.845,82
    +4,35 (+0,11%)
     
  • DOW JONES

    30.901,48
    -95,50 (-0,31%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    30.159,01
    +711,16 (+2,41%)
     
  • NIKKEI

    28.822,29
    +190,84 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.404,25
    +42,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6386
    -0,0134 (-0,20%)
     

Gripe aviária se espalha por diversas regiões no Japão

Aaron Sheldrick
·1 minuto de leitura

Por Aaron Sheldrick

TÓQUIO (Reuters) - O Japão tem sofrido o pior surto de gripe aviária já registrado no país, que espalhou-se para novas fazendas neta semana, com o vírus tendo sido encontrado em um quarto das 47 áreas administrativas do país, conhecidas como prefeituras, o que levou autoridades a ordenar o abate de aves.

Cerca de 32 mil aves foram abatidas e enterradas na cidade de Sukumo, na prefeitura de Kochi, no Sudeste do Japão, após a descoberta da gripe aviária em uma fazenda de produção de ovos, disse o ministério da agricultura nesta quarta-feira.

Mais aves contaminadas foram encontradas em duas fazendas na prefeitura de Kagawa, onde a epidemia começou no mês passado. Desde então, quase 30 mil aves foram sacrificadas por lá, segundo o ministério.

O surto atingiu 12 prefeituras pelo Japão, e um recorde de 3 milhões de aves foram sacrificadas até o momento.

Embora o ministério afirme que pessoas não podem ser contaminadas pela "influenza" aviária ao comer ovos ou carne de aves infectadas, autoridades de saúde pelo mundo estão preocupados com a possibilidade de o vírus dar um "salto" para a espécie humana, causando uma pandemia como o novo coronavírus.

O surto no Japão e na vizinha Coreia do Sul é uma de duas diferentes epidemias de influenza aviária que têm atingido aves pelo mundo, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentos e Agricultura e autoridades japonesas.

Tanto a cepa do vírus em circulação na Ásia quanto a que tem se espalhado rapidamente pela Europa tiveram origem em pássaros selvagens, afirmaram.