Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,38 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,17 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,53
    -0,18 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.788,10
    -23,10 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    17.887,06
    +288,81 (+1,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,90 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,40 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.257,50
    +105,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    +0,0347 (+0,55%)
     

"Grey's Anatomy": Isaiah Washington resgata briga com Katherine Heigl nas redes

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
Katherine Heigl and Isaiah Washington (Photo by Jeff Kravitz/FilmMagic for HBO LA )
Katherine Heigl and Isaiah Washington (Photo by Jeff Kravitz/FilmMagic for HBO LA )

Isaiah Washington foi demitido de “Grey's Anatomy”, série na qual interpretava Dr Burke, em 2007, após ser acusado de fazer comentários homofóbicos contra o colega de cena, T.R. Knight, o dr. George O'Malley. Na época, uma das estrelas do programa, Katherine Heigl, se posicionou abertamente contra Washington. Por isso, treze anos depois, ele ainda guarda mágoa da atriz.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nesta semana, o ator resgatou a briga no Twitter. "Essa mulher (Katherine Heigl) uma vez exigiu que eu 'nunca' deveria falar em público novamente. O mundo concordou com sua fala naquela época e protestou contra meu trabalho e minha cabeça em 65 idiomas", escreveu, relembrando as declarações da colega de elenco à imprensa..

Leia também

Isaiah Washington nega que tenha sido homofóbico e lamentou não usar o Twitter na época da sua demissão. "Aprendi que nem todo dinheiro é bom dinheiro e nenhuma quantia em dinheiro pode substituir sua dignidade e integridade. Alguns chamam de viver de acordo com seus princípios", disse ele em resposta a uma seguidora.

De acordo com a revista People, uma pessoa próxima a Heigl, que também teve uma demissão polêmica da série, afirmou que ela não se arrepende de ter se posicionado a favor de Knight. "Katherine defendeu seu amigo próximo duas vezes. Isso é discurso de ódio, não liberdade de expressão. Ela está orgulhosa de que ela o defendeu. Katherine é e sempre será uma defensora e aliada da comunidade LGBTQ", afirmou.

Ouça o Pod Assistir, o podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube