Greve do pessoal da segurança paralisa aeroportos de Hamburgo e Düsseldorf

Berlim, 14 fev (EFE).- Uma greve dos funcionários encarregados do controle de segurança paralisou nesta quinta-feira os aeroportos alemães de Hamburgo e Düsseldorf, afetados por vários cancelamentos e atrasos em seus voos programados.

Os participantes da greve se somaram à convocação do sindicato de serviços públicos Verdi, que pressiona a patronal nas negociações para o convênio coletivo do setor, atualmente estagnadas.

No terminal de Düsseldorf foram canceladas hoje 166 decolagens e 61 aterrissagens, suspensões que afetam 24 mil passageiros, segundo informou um porta-voz do aeroporto, enquanto em Hamburgo não foram especificados números, embora se saiba que outros milhares de pessoas foram prejudicadas.

Em ambos os aeroportos a greve começou às 6h locais (3h de Brasília) com a redução dos funcionários ao mínimo, com o que fica impossível garantir o embarque dos voos programados.

A greve foi anunciada com antecedência, pelo que muitos passageiros puderam trocar as suas passagens por bilhetes de trem, modificar as datas dos seus voos ou anulá-los e recuperar o dinheiro. EFE

Carregando...