Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.286,52
    +166,71 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Gravadora a laser compacta é até 10x mais ágil que máquinas convencionais

A startup ACTU, com sede em Hong Kong, começou uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Kickstarter para lançar um gravador a laser com 10 watts de potência. O dispositivo portátil pode ser usado para personalizar objetos cilíndricos ou superfícies planas com a mesma eficiência.

Segundo seus criadores, a NewLaser é capaz de trabalhar com centenas de materiais diferentes, desde aço inoxidável e alumínio anodizado, até objetos mais sensíveis e macios, como telas de tecido, madeira, plástico, vidro, couro ou elementos fabricados em acrílico.

“Nossa gravadora usa um sistema de caminho óptico que ajuda a gerar um laser com um ponto focal mais fino e com maior potência. Isso garante que o feixe de luz consiga não só gravar em superfícies mais duras, como também cortar pedaços de madeira e acrílico com até 3 mm de espessura”, explica o anúncio da ACTU no Kickstarter.

Rapidez

Um sistema galvanômetro patenteado integrado ao dispositivo, garante uma operação mais eficiente e muito mais rápida. Segundo o fabricante, a NewLaser consegue gravar letras, frases, figuras e imagens complexas com uma velocidade até 10 vezes maior do que outros equipamentos disponíveis no mercado.

NewLaser usada para gravar aço inoxidável (Imagem: Reprodução/Kickstarter)
NewLaser usada para gravar aço inoxidável (Imagem: Reprodução/Kickstarter)

Outra vantagem, é a capacidade de gravar em rolos ou qualquer superfície cilíndrica, com um ângulo de ataque de até 360 graus. A NewLaser também consegue fazer gravações em objetos mais longos, como placas de metal ou chapas de madeira, graças a um sistema móvel de impressão.

“Com um acessório é possível suspender um dos eixos da máquina, garantindo uma gravação estável com foco automático. Basta selecionar o modo autofoco no aplicativo, que o eixo Z é nivelado conforme o tamanho e a densidade do objeto a ser gravado”, complementa a empresa.

Mobilidade e segurança

Um aplicativo instalado no celular promete tornar a gravação muito mais fácil e intuitiva. O usuário precisa apenas selecionar e editar a figura ou motivo que pretende gravar e transmitir o comando diretamente para a máquina via conexão sem fio.

Variedade de materiais que podem ser gravados com a NewLaser (Imagem: Reprodução/Kickstarter)
Variedade de materiais que podem ser gravados com a NewLaser (Imagem: Reprodução/Kickstarter)

Além disso, o NewLaser possui um sistema integrado de memória que permite que o equipamento suporte gravações offline. Um dispositivo de segurança faz com que a máquina pare de funcionar imediatamente na presença de crianças ou animais de estimação, evitando acidentes e queimaduras.

A campanha no Kickstarter vai até o fim do mês de junho de 2022. Cada unidade pode ser adquirida durante essa fase de financiamento por US$ 399 (cerca de R$ 2 mil na cotação atual e sem os impostos). A ideia é que as primeiras máquinas sejam entregues aos clientes a partir de setembro de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos