Mercado fechado

Grana curta? Dicas simples para economizar no dia a dia

Pequenas economias podem fazer uma grande diferença nos gastos (Getty Images)

Às vezes, e pra muita gente, o salário acaba bem antes do mês e é preciso muito cuidado para as contas não estourarem. Como a situação não anda fácil para ninguém, economizar é sempre bem-vindo para evitar problemas e dívidas desnecessárias. Para te ajudar a economizar, separamos algumas dicas que podem ser úteis para poupar um pouco por dia e não passar tanto sufoco.

Marmita pode ‘render’ R$ 400 por mês

Até algum tempo atrás, muitas pessoas tinham até vergonha de levar marmita com comida para almoçar no trabalho. Hoje, o hábito virou tão popular que as pessoas têm até mesmo "lancheiras" e potes personalizados. Considere a seguinte situação: ir ao restaurante para almoçar pode ser custoso e chegar à ultrapassar os R$ 400 por mês, considerando que você vá gastar em média R$ 20 por dia – o que, ao menos em São Paulo, pode ser algo bastante desafiador.

Leia também

Resumindo: ao levar sua própria comida, você pode economizar uma boa quantia por mês, afinal comprar comida e preparar sai muito mais em conta. Além disso, ao fazer seu almoço garante a boa procedência da sua comida. Quer mais vantagem que isso?

Não abusar dos transporte por aplicativo

Caminhar pode não apenas te deixar menos sedentário, como também pode trazer algumas economias ao longo do mês. Se você precisa caminhar um trecho que não é tão longo, mas que te faria gastar uma passagem de ônibus ou metrô, por exemplo, já é uma opção interessante considerar uma caminhada para economizar com o transporte.

Além disso, se você tem o hábito de usar aplicativos de transporte como Uber, Cabify, 99, , ou mesmo táxi só para poder não se atrasar para o trabalho, considere rearranjar a sua rotina, acordar um pouco mais cedo ou, até mesmo, combinar um horário alternativo de trabalho com o seu chefe. Assim, você não atrasa e também não gasta com supérfluos.

Banho rápido economiza 90 litros por dia

Um único indivíduo precisa de 3,3 mil litros de água por mês, ou seja 110 litros por dia, para atender necessidades diárias, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, esse valor chega a ser quase o dobro: 200 litros consumidos ao dia é a média do brasileiro, de acordo com dados do Governo Federal. Se você fechar o chuveiro enquanto se ensaboa, o montante de água economizado pode chegar a 80 litros. E se o tempo de banho for reduzido de 15 para 5 minutos, a economia é de 90 litros!

A descarga também é outro ponto de atenção, já que dar descarga sem necessidade pode representar um gasto de até 14 litros de água. Tomar cuidado nesses pontos não apenas evita o desperdício, como também traz economia para a sua conta de água, visto que quanto menos você consumir, menos irá pagar no fim do mês.

Lâmpadas de LED consomem 60% menos de energia

Usar de forma racional a energia elétrica também é uma boa pedida para quem quer economizar nas contas do mês, ainda mais com a alta nos valores da cobrança de energia elétrica. Trocar a iluminação em casa por lâmpadas de LED pode trazer mais economia. Elas custam um pouco mais, mas compensam pois são 60% mais econômicas que as fluorescentes compactas e 90% mais econômicas que as lâmpadas incandescentes.