Grécia vincula metas orçamentárias à privatizações

A Grécia terá de fazer cortes de gastos públicos adicionais se qualquer uma das privatizações que prometeu fazer não gerar a receita pretendida, diz o rascunho de um memorando que detalha os passos que o país precisa dar para obter ajuda internacional; Segundo o rascunho, ao qual a Dow Jones teve acesso, qualquer atraso na venda de ativos públicos vai acionar uma série de medidas automáticas para trazer o programa de privatizações de volta aos trilhos.

Entre as medidas previstas está "aumentar automaticamente a meta de superávit primário se houver uma lacuna na receita com privatizações", diz o documento. O texto, porém, limita o tamanho dos cortes de gastos exigidos e diz que a troica de credores multilaterais da Grécia - a União Europeia, o FMI e o Banco Central Europeu) pode suspender essa norma se achar isso conveniente.

Desde que recebeu seu primeiro pacote de ajuda financeira internacional, em maio de 2010, a Grécia só levantou 1,6 bilhão de euros com privatizações; o governo do país já admitiu que não cumprirá a meta de levantar 3 bilhões de euros neste ano com a venda de propriedades públicas. A meta de levantar 50 bilhões de euros até 2019 com privatizações foi rebaixada várias vezes e, de acordo com o rascunho do memorando, datado de 10 de novembro, a meta agora é de levantar 11,1 bilhões até o fim de 2016 e chegar aos 50 bilhões de euros em algum momento no futuro.

Para aliviar as dores dos programas de austeridade, o rascunho diz que a Grécia terá mais dois anos para cumprir suas metas orçamentárias. O país deverá ter como metas de superávit primário 0% do PIB em 2013, 1,5% do PIB em 2014, 3% do PIB em 2015 e 4,5% do PIB em 2016. As informações são da Dow Jones.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2645+0,0348+1,08%
    USDBRL=X
    3,6549+0,0107+0,29%
    EURBRL=X
    0,8928+0,0069+0,78%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    12,55+0,02+0,16%
    PETR4.SA
    3,58+0,22+6,55%
    USIM5.SA
    3,67+0,05+1,38%
    GOAU4.SA
    15,07-0,34-2,21%
    VALE5.SA
    8,58+0,08+0,94%
    ITSA4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    1,67+0,37+28,46%
    PSVM11.SA
    37,50+7,50+25,00%
    CBEE3.SA
    5,00+0,94+23,15%
    ENGI3.SA
    3,59+0,59+19,67%
    OIBR3.SA
    2,37+0,27+12,86%
    OIBR4.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    33,11-6,76-16,96%
    BAZA3.SA
    2,20-0,21-8,71%
    MWET4.SA
    1,79-0,17-8,67%
    CTSA4.SA
    2,25-0,19-7,79%
    HAGA4.SA
    2,53-0,16-5,95%
    VIVR3.SA