Mercado fechará em 6 h 18 min
  • BOVESPA

    98.383,24
    -1.238,34 (-1,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,69
    -2,09 (-1,90%)
     
  • OURO

    1.821,10
    +3,60 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    19.104,05
    -948,74 (-4,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    408,28
    -23,19 (-5,37%)
     
  • S&P500

    3.753,74
    -65,09 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    30.496,67
    -532,64 (-1,72%)
     
  • FTSE

    7.148,64
    -163,68 (-2,24%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.539,75
    -151,25 (-1,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4709
    +0,0603 (+1,11%)
     

GPU Intel Arc A730M se posiciona entre RTX 3060 e RTX 3070 em testes

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Após mostrar resultados promissores no benchmark 3DMark Time Spy, a Intel Arc A730M, GPU gamer intermediária da empresa para notebooks, mostrou desempenho mais modesto em uma bateria de testes feitos em jogos. Ao que parece, em uso real, a solução se posiciona entre a RTX 3050 e a RTX 3060, nível de performance razoável, mas abaixo do posicionamento à frente da RTX 3070 indicado pelos benchmarks anteriores.

Arc A730M mostra desempenho entre RTX 3060 e RTX 3070

Após um início conturbado, com múltiplos atrasos, a disponibilidade da família Intel Arc parece ter começado a melhorar. A família de GPUs gamer do time azul estreou pelos notebooks com os modelos de entrada Arc A350M e A370M apenas no mercado asiático, mas acaba de receber o primeiro notebook de alto desempenho munido da solução intermediária Arc A730M — o Machinike DAWN, de 16 polegadas.

O Machinike DAWN foi o primeiro notebook a chegar ao mercado com GPU Intel Arc A730M (Imagem: Reprodução/JD.com)
O Machinike DAWN foi o primeiro notebook a chegar ao mercado com GPU Intel Arc A730M (Imagem: Reprodução/JD.com)

O aparelho começou a chegar aos compradores nesta semana, levando à divulgação gradual dos primeiros testes realizados com a GPU. Um dos que mais chamou atenção, utilizado nos materiais oficiais de divulgação, foi o do 3DMark Time Spy (DirectX 12), em que a A730M atingiu os 10.107 pontos. A pontuação é elevada e coloca o componente à frente da RTX 3070 mobile da Nvidia, posicionamento bastante respeitável considerando ser a estreia da marca no segmento.

No entanto, ao ser utilizada para games como Assassin's Creed Odyssey, Metro: Exodus e F1 2020, a novidade mostra um cenário bem menos empolgante. O chip gráfico entrega médias de 38 FPS em 1080P e 32 FPS em 1440P no primeiro game, 70 FPS em 1080P e 55 FPS em 1440P no segundo, e 123 FPS em 1080P e 95 FPS em 1440P no terceiro, todos no preset do Alto.

Em Full HD no preset do alto, a Intel Arc A730M entrega média de 70 FPS em Metro: Exodus — note a mínima baixíssima de 9 FPS, sugerindo problemas nos drivers (Imagem: 金猪升级包/Weibo)
Em Full HD no preset do alto, a Intel Arc A730M entrega média de 70 FPS em Metro: Exodus — note a mínima baixíssima de 9 FPS, sugerindo problemas nos drivers (Imagem: 金猪升级包/Weibo)

Utilizando dados dos testes do site NotebookCheck, é possível notar como a A730M se posiciona significativamente abaixo da RTX 3060 na maioria dos testes, enquanto consegue combater a RTX 2070 em outros. Ainda assim, no geral, o lançamento acaba ficando com frequência em uma posição pouco acima da RTX 3050, que em teoria é de uma categoria inferior.

Outro ponto interessante está no consumo e nas frequências: rodando o teste FurMark, que leva GPUs ao extremo, a A730M consome 92 W e roda a 2.050 MHz. O consumo está dentro dos níveis anunciados pela Intel, entre 80 W e 120 W, mas os clocks são muito mais altos que a base definida pela empresa, de 1.100 MHz. Nessas condições, a GPU apresenta poder computacional de 12,6 TFLOPs, o dobro dos 6,75 TFLOPs indicados durante o lançamento.

Operando no extremo de sua capacidade, a A730M atinge clocks de 2.050 MHz e consumo de 92 W no FurMark (Imagem: 金猪升级包/Weibo)
Operando no extremo de sua capacidade, a A730M atinge clocks de 2.050 MHz e consumo de 92 W no FurMark (Imagem: 金猪升级包/Weibo)

Especula-se que os números pouco expressivos, levando em conta as especificações e o posicionamento da GPU, possam ser resultado da falta de otimização apropriada por parte dos games ou dos drivers, ou ainda uma combinação de ambos. A própria Intel havia confirmado estar enfrentando "problemas na preparação do software", motivo pelo qual a família Arc ainda não foi amplamente disponibilizada.

Modelo é solução intermediária com 24 Xe Cores

Anunciada em março, mas disponibilizada de maneira limitada apenas nesta semana, a Intel Arc A730M faz parte da linha de alto desempenho da família, a série Intel Arc 7 (um paralelo com os processadores Core i7), e chega equipada com o chip ACM-G10 (antes conhecido como DG2-512) em uma configuração com 24 Xe Cores habilitados, cerca de 75% da capacidade total da GPU.

Marcas como Acer, ASUS, Dell, Lenovo e Samsung devem lançar notebooks gamer com a família Intel Arc em breve (Imagem: Reprodução/Intel)
Marcas como Acer, ASUS, Dell, Lenovo e Samsung devem lançar notebooks gamer com a família Intel Arc em breve (Imagem: Reprodução/Intel)

A configuração se traduz em 384 Vector Engines (as antigas Execution Units — EUs), ou 3.072 núcleos, acompanhados de 24 RT Units para Ray Tracing e 384 XMXs, os núcleos de Inteligência Artificial da Intel para recursos como o XeSS, rival do Nvidia DLSS e do AMD FSR. A solução traz ainda 12 GB de RAM GDDR6, operando a 14 Gbps em uma interface de 192-bit, que proporciona largura de banda de 362 GB/s.

Em teoria, a Arc A730M deve começar a ser amplamente disponibilizada no início do verão norte-americano, o que sugere disponibilidade entre os meses de junho e julho. Segundo o anúncio original da Intel, podemos esperar encontrar a solução em notebooks de marcas como Acer, Dell (Alienware), ASUS, Lenovo, Samsung e outras.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos