Mercado abrirá em 19 mins
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,91
    +1,34 (+1,22%)
     
  • OURO

    1.825,40
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    21.010,80
    -231,67 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,39
    -2,40 (-0,52%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.347,47
    +89,15 (+1,23%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.061,00
    +20,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5058
    -0,0383 (-0,69%)
     

GPA receberá quase R$390 mi em venda de ações para controlada Éxito

SÃO PAULO (Reuters) -O GPA divulgou nesta quarta-feira que deverá receber cerca de 390 milhões de reais até o final do segundo trimestre por conta de participação em um plano de recompra de ações de sua controlada colombiana Éxito.

A rede de varejo dona da bandeira Pão de Açúcar é controladora de 96,57% do capital social da colombiana e o plano de recompra do Éxito permite que cada acionista venda até 3,4% de sua participação na empresa.

"Considerando o valor de venda de cada ação, o valor bruto total de venda equivalerá a aproximadamente 386,7 milhões de reais", afirmou o GPA em fato relevante ao mercado.

A venda vai envolver 14.696.725 ações do Éxito e o GPA afirmou que a operação não vai afetar sua condição de controlador da rede colombiana.

No comunicado ao fato relevante ao mercado, o GPA afirmou que decidiu participar da recompra "dada a alta valorização de Éxito em virtude do preço sugerido de suas ações". A recompra, segundo comunicado do grupo colombiano ao mercado em 25 de maio, será feita por 21.000 pesos colombianos ante cotação de fechamento nesta terça-feira de 12.870.

A ação do Éxito desde o final de novembro de 2019, quando o GPA anunciou que o grupo colombiano aceitou a oferta de compra, acumula 17,5% de desvalorização até o fechamento desta quarta-feira, segundo dados da Refinitiv.

(Por Alberto Alerigi Jr.; edição de Aluísio Alves)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos