Mercado fechado

Governo troca secretário no Ministério da Agricultura para atender ao Centrão

Rafael Walendorff

Ex-deputado federal César Halum do Republicanos, entra no lugar de Eduardo Sampaios na Secretaria de Política Agrícola O governo federal oficializou hoje mais uma troca no segundo escalão da Esplanada para atender aos partidos do Centrão. Edição extra do “Diário Oficial da União” publicada há pouco traz a exoneração do secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio. Para o lugar dele, foi nomeado César Halum, ex-deputado federal, presidente estadual do Republicanos (antigo PRB) no Tocantins. A publicação é assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto.

A troca já era aguardada e foi adiantada pelo Valor PRO em maio. Na época, Halum disse que foi convidado pelo presidente do partido, deputado Marcos Pereira, para o cargo e que tinha boa relação com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, colega de Câmara dos Deputados na legislatura passada e da bancada ruralista, a quem atribuiu a condução de "um belo trabalho" à frente do ministério.

Hoje, em entrevista a uma emissora de TV, a ministra disse que a troca seria por "motivo administrativo.

O nome de Halum é bem aceito no Ministério da Agricultura. Além da ministra, ele tem boa relação com o secretário-executivo da Pasta, Marcos Montes. O novo secretário também disse ao Valor em maio que pretende preservar a área técnica da secretaria.

A troca ocorre apenas um dia após o anúncio do Plano Safra 2020/21, principal política de oferta de crédito rural do governo federal construída pela secretaria em que há mudança de comandante agora.

Eduardo Sampaio, ex-secretário, assumirá cargo de assessor especial da ministra Tereza Cristina. A nomeação também foi publicada na edição extra do DOU.